Programa de castração começou nesta semana em Petrópolis, RJ

Programa de castração começou nesta semana em Petrópolis, RJ

Por Rebeca Gehren

O programa de castração gratuita, que está sendo oferecido pelo município, teve início na última terça-feira (20). Trata-se de um “castramóvel”, um ônibus adaptado que atende em diferentes localidades de Petrópolis. Este ano, o atendimento está sendo feito no Liceu Carlos Chagas, na Avenida Barão do Rio Branco, onde fica até sexta-feira, dia 23; e no CIEP do Cascatinha de 24 a 30 de setembro.

Para a castração, foi necessário que os interessados fizessem inscrições prévias, nos dias 16 e 17. De acordo com o coordenador de Vigilância Sanitária no Município, Eduardo de Lucena Gonçalves, cerca de 1.400 animais foram inscritos no programa este ano. Não há mais vagas e não é possível ser atendido sem o agendamento prévio.

Apesar disso, o público demonstra muita satisfação em obter as castrações gratuitamente, uma vez que esse tipo de intervenção em clínicas veterinárias custa entre 400 e 500 reais. “Há cerca de um mês, me cobraram R$ 1200 para castrar meus três gatos. Não tive condições e fazer. Ainda bem porque assim que minha filha me falou sobre o castramóvel, aproveitei a oportunidade”, disse a dona de casa Miriam Esteves, de 43 anos.

Por indicação de veterinários, a professora Eliane M., de 58 anos, também trouxe duas cadelas para serem castradas. “Essa labradora eu adotei há pouco tempo. Ela já estava grávida e teve oito filhotes. Doei todos, mas não quero correr mais o risco”, disse.

Só no primeiro dia de atendimentos 174 animais foram castrados. Na avaliação do coordenador da Vigilância Sanitária, o impacto do programa é ótimo: “é super benéfico porque o impacto é grande. Temos uma média de 600 animais castrados em cada localidade em poucos dias”. 

O serviço de castramóvel foi iniciado em Petrópolis em novembro de 2014, nos bairros Alto Independência e Quitandinha. Em 2015, o serviço foi levado para o Alto da Serra e Vila Rica (Pedro do Rio). E este ano ocorre na Barão do Rio Branco e no Cascatinha. De acordo com a Prefeitura, ao todo 1.443 cães e gatos já foram castrados.

Fonte: Tribuna de Petrópolis

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.