Programa de castração gratuita de animais tem parecer favorável em BH

Programa de castração gratuita de animais tem parecer favorável em BH

Serão nove unidades móveis para castração, uma em cada regional do município de Belo Horizonte.

Por Ana Paula Morais

A oferta de nove unidades móveis para castração gratuita de cães e gatos, sendo uma em cada regional do município, recebeu parecer pela aprovação na Comissão de Orçamento e Finanças Públicas na reunião desta segunda-feira (13/6). A matéria está pronta para apreciação do Plenário em 1º turno.

Referendado pela Comissão de Orçamento e Finanças Públicas, que emite parecer sobre a repercussão financeira, compatibilidade com as leis orçamentárias e a correta indicação de fontes de custeio, o PL 1865/16, assinado por Joel Moreira Filho (PMDB), determina a disponibilização de veículos devidamente equipado com material e pessoal técnico habilitado para efetuar castrações cirúrgicas nos animais domésticos. Esta foi a última etapa antes do projeto seguir para o Plenário.

Proposição idêntica de Veré da Farmácia (PSDC), já aprovada em dois turnos na Casa, foi vetada integralmente pelo prefeito Márcio Lacerda (PSB), em março deste ano; o veto foi mantido pelo Plenário. A matéria é tema de outro PL em tramitação (1915/16), assinado por Veré e outros 21 parlamentares.

Castração

O principal benefício da castração de cães e gatos é a redução populacional. Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, o Brasil tem hoje 30 milhões de animais abandonados, sendo 20 milhões de cães.

Além disso, a castração diminui a agitação e reduz a incidência de doenças no útero e na mama (como o câncer) das fêmeas e, no macho, o tumor da próstata.

O animal pode ficar mais preguiçoso e, por consequência, obeso após a castração. Mas é possível evitar isso escolhendo uma boa ração, evitando doces, restos de comida, pães e outros petiscos e exercitando seu bichinho.

A cirurgia de castração é simples e rápida. Mas o assunto, no entanto, gera controvérsias entre os donos, muitas vezes até mesmo por falta de informação. Lembre-se: para uma guarda responsável do seu pet, a castração deve ser considerada como muito importante.

Portanto, ao pensar em castrar o pet, a escolha do local é importante. A cirurgia deve ser feita por médicos-veterinários capacitados, em centros cirúrgicos adequados às normas da ANVISA, respeitando a saúde do animal, de forma que não produza nenhum tipo de sofrimento para o bichinho.

Esperamos que as nove unidades móveis para castração gratuita de cães e gatos seja aprovada em Plenário e comece a atuar com qualidade e capacidade técnica.

Fonte: O Debate

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.