Projeto arrecada dinheiro para comprar casinhas de cachorro contra o frio no Sul do país

Projeto arrecada dinheiro para comprar casinhas de cachorro contra o frio no Sul do país

Objetivo do Projeto Ajude Um Animal de Rua é espalhar 500 casinhas pela cidade de Lages, em Santa Catarina, para que os animais possam se proteger do frio; 20 já foram instaladas

Com uma campanha na internet, o Projeto Ajude Um Animal de Rua está arrecadando dinheiro para comprar casinhas onde os cães abandonados em Lages, no estado de Santa Catarina, possam se proteger do frio. O objetivo da iniciativa é espalhar 500 abrigos térmicos pelos 71 bairros da cidade. Vinte já foram instalados.

A voluntária Bruna Uncini, já trabalhava em defesa dos animais há alguns anos antes de idealizar a ação, em parceria com outros protetores e a Gerência de Proteção Animal de Lages.

“Nossa cidade é absurdamente fria no inverno e temos um índice altíssimo de animais abandonados nas ruas, acontece que no inverno a situação deles se agrava muito, por não terem onde se abrigar e devido a disseminação de doenças em virtude da baixa imunidade desses cães por não terem alimentação ou abrigo dignos”, explicou na página do Projeto Ajude Um Animal de Rua no site Vakinha.

Segundo Bruna, a longo prazo, a meta da iniciativa é vacinar, castrar e colocar os animais para adoção. “Minha esperança é que futuramente consigamos encaminhar esses animais já vacinados e castrados para adoção em feiras que já acontecem regularmente na cidade. Através do Vakinha pretendemos arrecadar uma parte do dinheiro, enquanto o restante estamos arrecadando através de ofícios e contatos pessoais com empresas e indivíduos engajados com a causa animal em nossa cidade”, detalhou.

Até a publicação desta matéria, a campanha criada em maio deste ano já arrecadou R$ 11.390,00 do valor objetivo de R$ 17.400,00. As casinhas são feitas com material ecológico e custam R$ 106.

Fonte: JC Online

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.