Foto ilustrativa

Projeto pode proibir agressores de animais em cargos públicos em Santa Cruz do Sul, RS

A lei da Ficha Limpa em Santa Cruz pode ganhar algumas alterações importantes. A presidente da Câmara de Vereadores, Bruna Molz (PTB), pediu ao vereador Hildo Ney Caspary (PP) que inclua, em seu projeto de lei que trata de vedações para nomeações de cargos em comissão na Prefeitura e no Legislativo, os condenados por maus-tratos contra animais.

Por enquanto, a proposta prevê apenas condenados por violência contra mulheres, crianças, idosos e deficientes. O pedido para que os agressores de animais sejam incluídos, porém, vem sendo forte na internet desde que o assunto foi tema de reportagem da Gazeta na terça-feira. Bruna é ativista da causa animal, mas na condição de presidente não pode apresentar projetos.

A Lei da Ficha Limpa municipal inclui atualmente crimes contra a vida e a dignidade sexual, crimes hediondos, tortura e outros, mas não menciona condenações por violência contra grupos vulneráveis.

Fonte: GAZ / Foto ilustrativa


Nota do Olhar Animal: Não tivemos acesso ao teor do projeto, mas a ideia é, a princípio, excelente. Parabéns ao vereador Hildo Ney Caspary (PP) pela interessantíssima proposição.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.