Projeto proíbe distribuição de animais como ‘brindes’ em Hortolândia, SP

Projeto proíbe distribuição de animais como ‘brindes’ em Hortolândia, SP
O Projeto nº 157/2021 trata desta proibição visando eventos e rifas que têm como objetivo "presentear" as pessoas com animais (Foto: Divulgação)

Projeto de lei aprovado na Câmara de Hortolândia nesta semana proíbe a distribuição de animais como brinde. A proposta é de autoria da vereadora Marcia Campos (PSB), e ainda precisa passar pelo crivo do prefeito Zezé Gomes (PL) para receber sanção e entrar em vigor.

O Projeto nº 157/2021 trata desta proibição visando eventos e rifas que têm como objetivo “presentear” as pessoas com animais. Segundo a justificativa da vereadora é “comum em datas comemorativas, como Páscoa, Natal, aniversários e Dia das Crianças a distribuição de animais em sorteios, bingos, especialmente aves, cães, gatos, coelhos e peixes”.

Marcia ainda ressalta que esta prática incentiva o abandono e vai na contra mão da conscientização ao bem-estar animal e da adoção com guarda responsável.

“Rifar, sortear e leiloar animais são práticas exploratórias por diminuírem os animais a uma condição de objeto, usado para atender às vontades humanas. As pessoas precisam pensar antes de ter um animal em casa”, explicou a vereadora.

Fonte: Jornal TodoDia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.