Projeto ‘Vida Animal’ faz campanha para construir canil em Divinópolis, MG

Projeto ‘Vida Animal’ faz campanha para construir canil em Divinópolis, MG

Projeto que existe há quatro anos na cidade retira animais das ruas. Atualmente, cerca de 57 cães são abrigados pela ONG.

Por Rafael Camargos

Rifas, leilões e vaquinhas virtuais. Estas foram algumas das formas que a gestora Amanda Lopes e os participantes do “Vida Animal” encontraram para arrecadar dinheiro para a Organização Não Governamental (ONG). O dinheiro será usado para quitar alguns serviços e construir um novo canil para abrigar os animais retirados das ruas de Divinópolis.

De acordo com Amanda, a ONG recebeu por meio de doação um terreno na zona rural da cidade para construir o novo espaço. Isso porque a casa onde atualmente funciona o canil não comportava o número de cães e corria o risco de ser fechada.

Para que essa construção saia do papel, eles precisam de cerca de R$ 20 mil. “Buscamos duas mil pessoas que possam doar R$ 10 cada”, disse Amanda Lopes. Diversas ações já estão sendo realizadas para que eles consigam chegar a este valor. Leilões e vaquinhas estão correndo nas redes sociais, onde qualquer pessoa pode doar algum produto ou dar um lance. Foram distribuídos pela cidade cerca de 35 blocos de rifas que estão sendo vendidas a R$ 2. O sorteio do prêmio será no dia 15 de setembro.

O dinheiro arrecadado com as ações será usado para compra de todos os materiais, como telas, tijolos e na mão de obra. Alguns serviços que foram prestados a ONG, como compra de medicamentos e atendimentos veterinários também serão pagos.

Segundo a gestora da ONG, o projeto já chegou a atender cerca de 85 cães e hoje abriga na casa cerca de 57. “Todos são animais de ruas, doentes, abandonados, vítimas de maus-tratos, que tem um histórico de trauma”, relatou.

MG Divinopolis campanha para construir canil2

Projeto Vida Animal

Responsável por tirar animais abandonados da cidade, o projeto existe há quatro anos e nasceu a partir de uma iniciativa de Amanda Lopes, atual gestora do projeto, com alguns amigos. Segundo ela, andando pelas ruas percebeu que havia muitos cães abandonados e, descontente com a situação, decidiu fazer alguma coisa por eles.

“Criei a ONG por amor em andar pelas ruas e ver a quantidade de animais abandonados. Eu comecei o projeto em meu nome por entender que alguém precisava fazer alguma coisa por eles”, contou Amanda.

Adoção e voluntários

MG Divinopolis campanha para construir canil3Por serem animais de rua, mais velhos e de grande porte, os cães não conseguem ser adotados.

Lopes contou ao G1 que a ONG tem um baixo índice doações. “As pessoas podem adotar, mas temos um índicie baixo de adoção por que na maioria das vezes as pessoas procuram por cães de raça, jovens e de pequeno porte. Os nossos animais são grandes com mais de dois anos”, acrescentou.

Amanda disse ainda que o projeto conta com a ajuda de voluntários e de toda a população e que os os interessados em ajudar podem procurar o projeto. “A pessoa faz o que ela sente no coração”, finalizou.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.