Protetoras pedem ajuda para manter animais recolhidos de áreas desapropriadas em Arujá, SP

Com mais de 40 animais, entre cães e gatos, recolhidos em duas áreas que foram desapropriadas em Arujá, o grupo Proteção Animal precisa de ajuda. Rações, vermífugos e vacinas são as maiores necessidades no momento.

Segundo a protetora Iraci Rodrigues, há cerca de uma semana ela foi acionada à Avenida Mário Covas onde haveria uma desapropriação e lá existiam vários animais. “Com a ajuda de outros protetores e da ONG Quatro Patas, de Santa Isabel, nós conseguimos lares temporários para alguns animais. Por meio de um trabalho de conscientização com os moradores, nós conseguimos fazer com que eles levassem alguns animais, mas muitos não tinham condições de levar”, explica Iraci.

A protetora conta que os animais resgatados estão em casas temporárias, mas que precisam ser mantidos, por isso a necessidade da doação de ração. “Eu não consigo levar todos para minha casa, que já está com superlotação”, enfatizou.

Interessados em ajudar o grupo Proteção Animal de Arujá podem entrar em contato pelo número de telefone (11) 9.9867-9277

Feirinha

Animais resgatados pelo grupo Proteção Animal são colocados semanalmente para adoção. A feirinha acontece aos sábados, das 10h às 16h, no canteiro central da Avenida João Manoel.

sp_aruja_protetores_ajuda_manter_animais_recolhidos_2

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.