RS Canoas adocao idosa espacada

Protetores organizam feira de adoção para cães e gatos de idosa espancada em São Leopoldo, RS

Dona Marina, de 80 anos, está internada no hospital; ela cuidava de cerca de 90 animais abandonados.

Organizações não-governamentais e entidades protetoras de animais estão organizando uma feira de adoção para encontrar um lar para cerca de 70 cães e 20 gatos que eram cuidados por uma idosa de São Leopoldo. A mulher, de 80 anos, foi espancada durante um assalto no último domingo (1º) e está internada no Hospital Centenário com fraturas na face. Vizinhos e amigos se revezam para alimentar os animais, muitos ainda filhotes. 

Marina Candida Pereira, ou somente Dona Marina como é conhecida na vizinhança, vive sozinha e cuida dos cães e gatos que são abandonados pelo bairro Campestre. De acordo com o vizinho e também engajado na causa animal, o fotógrafo Luciano Stabel, o abandono de animais é algo comum no bairro e muitos deixam os cães e gatos, ainda filhotes, em frente à casa da idosa porque sabem que ela irá cuidar. Ele lembra que várias pessoas a ajudavam com ração, veterinário e até castração dos animais, mas que o local não suportava tantos bichos.

“Quando deixei de ajudá-la no ano passado, ficaram 32 cães, apenas dois não castrados (um muito velho e outro muito doente), todos os outros estavam castrados. Quando deixei, junto com a ONG Meu Gato Vira Lata, de frequentar a casa dela, nem prefeitura, nem ninguém mais da causa animal apareceu. Evidentemente a coisa desandou”, disse em seu Facebook.

RS Canoas adocao idosa espacada2

Sozinha em casa

Dona Marina estava sozinha em casa no dia do assalto. O vizinho chegou até ela após ouvir os gritos de socorro. Ao chegar na casa, encontrou a idosa amarrada e com ferimentos na face. Ela foi espancada no rosto e teve os dentes quebrados. Ela foi levada para o Hospital Centenário, onde está internada em estado regular e sem previsão de alta.

Conforme a ocorrência registrada da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de São Leopoldo, a vítima não soube explicar o que ocorreu, mas conseguiu dizer que mais de uma pessoa teria invadido a casa dela, referindo-se a alguém como “Alemão”. Ainda conforme a ocorrência, a mulher disse que R$ 100 foram roubados dela. 

A feira

A feira de doação está prevista para ocorrer no próximo sábado das 9h às 16 horas, na Rua Conceição esquina com a Rua Independência, em São Leopoldo. A ação, segundo Luciano, é esforço conjunto do Fotógrafo Protetor, Meu Gato Vira Lata, Ondaa, Ong Paar, Projeto Vida (da Elaine Flores de Souza), Tamara Moutinho Hospedagem, Renata Wolff e Secretaria de Preservação Ambiental (Sempa). “A Sempa se comprometeu em dar o suporte veterinário necessário”, afirmou.

“O problema da Marina não é um problema do grupo A ou B, da ONG A ou B, ou da prefeitura, é um problema de toda cidade de São Leopoldo.”

RS Canoas adocao idosa espacada3

RS Canoas adocao idosa espacada4

RS Canoas adocao idosa espacada5

RS Canoas adocao idosa espacada6

RS Canoas adocao idosa espacada7

RS Canoas adocao idosa espacada8

RS Canoas adocao idosa espacada9

RS Canoas adocao idosa espacada10

RS Canoas adocao idosa espacada11

Fonte: Diário de Canoas

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.