Qatar Airways recusa transportar galgos destinados ao Canídromo de Macau

Qatar Airways recusa transportar galgos destinados ao Canídromo de Macau

Companhia aérea junta-se a outras pela defesa dos animais.

Por Ricardo Gomes

A companhia aérea Qatar Airways assegura que, até à data, nunca transportou galgos para a China, que têm como destino o Canídromo de Macau, e que não tenciona fazê-lo no futuro.

“Até à data, a Qatar Airways nunca transportou nenhum carregamento de galgos para a China. Devido às preocupações relacionadas com o bem-estar dos animais, a Qatar Airways também não tem intenção de o fazer no futuro”, afirmou a companhia aérea em resposta a diversos comentários publicados na sua página oficial no Facebook.

A operar há 50 anos, o Canídromo de Macau viu a licença renovada em 2005, por dez anos, pelo que se gerou a expectativa de que pudesse encerrar no final de 2015. Contudo, o Governo renovou a concessão da Yat Yuen por mais um ano, argumentando que não seria “justo” encerrar o espaço “de um dia para o outro”.

Fonte: Diário de Notícias / mantida a grafia lusitana original

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.