Quatorze cachorros, entre eles, filhotes são resgatados de apartamento da Serra, ES; VÍDEO

Quatorze cachorros, entre eles, filhotes são resgatados de apartamento da Serra, ES; VÍDEO
Os treze cachorros foram resgatados dentro de um apartamento em São Diogo, após denúncias de vizinhos que filmaram a agressão aos animais. Crédito: Divulgação

Quatorze cachorros, incluindo filhotes, foram resgatados de um apartamento no bairro São Diogo, na Serra. A operação foi conduzida pela CPI dos Maus-Tratos contra os Animais, presidida pela deputada estadual Janete de Sá, em colaboração com a equipe do Bem-estar Animal da Prefeitura da Serra e a Polícia Militar.

A ação ocorreu na manhã de quarta-feira (22), após a vereadora Raphaela Moraes denunciar em suas redes sociais um vídeo que mostrava um adolescente tentando separar uma briga entre os cachorros de maneira agressiva, o que gerou grande comoção. Os animais em sua maioria, são de porte pequeno e mestiços de pinscher.

No local, as equipes constataram que os 14 cachorros estavam sendo mantidos em condições inadequadas, em um espaço reduzido e sem controle de procriação, pois nenhum animal era castrado. “São muitos animais vivendo juntos, o que os coloca em uma situação de vulnerabilidade. A qualquer momento pode ocorrer uma briga grave, e eles não podem continuar vivendo assim, confinados e em excesso”, afirmou a deputada Janete de Sá.

Doze dos cachorros adultos foram encaminhados pela prefeitura a um hospital veterinário. Uma fêmea mestiça de pinscher, que recentemente deu à luz, e seus dois filhotes estão temporariamente sob os cuidados de uma protetora de animais. Assim que estiverem em condições adequadas, todos serão disponibilizados para adoção.

Eles foram encaminhados para o Rancho Bela Vista, em Belvedere, onde serão vermifugados, vacinados e microchipados, sendo colocados para adoção.

O caso será remetido ao Ministério Público. O caso é passível de multa, que será definida após laudo dos médicos veterinários. Os valores variam de R$ 50 a R$ 2 mil por animal.

Denúncias de maus-tratos

“A população pode fazer sua denúncia por meio do aplicativo Colab. Desde janeiro já registramos 152 demandas relacionadas a maus-tratos”, contabiliza o chefe do Departamento de Fiscalização Ambiental, Marcos Tosta.

Em 2023, a equipe da Prefeitura da Serra recebeu 246 denúncias. A Secretaria mantém um programa de castração e de feira de adoção. As denúncias podem ser feitas junto à Fiscalização Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente no aplicativo Colab (www.colab.re).

A Polícia Ambiental também pode ser acionada pelo 181. Manter animais em situação de maus-tratos é crime e está previsto no Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, com pena de reclusão de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda. Informa ainda que a pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorrer morte do animal.

Fonte: Tempo Novo