Quatros casos de maus-tratos a animais são registrados em Três Lagoas (MS) e multas somam R$ 5 mil

Quatros casos de maus-tratos a animais são registrados em Três Lagoas (MS) e multas somam R$ 5 mil
Animais foram vítimas de maus-tratos, em Três Lagoas, no mês de março.Animais foram vítimas de maus-tratos, em Três Lagoas, no mês de março. (Foto: Arquivo/JPNEWS)

Quatro casos de maus-tratos a animais domésticos foram registrados somente neste ano, em Três Lagoas. As ocorrências foram registradas pela Polícia Militar Ambiental (PMA) e pela Polícia Militar, resultando em autuações que somam quase R$ 5 mil em multas aplicadas.  O número é considerado alto, gera alerta e até causa revolta.

A quantidade de casos poderá ainda aumentar em 2018, já que o dado atual é o mesmo no comparativo com todo o ano anterior. No entanto, ninguém está preso pelo crime de maus-tratos e todos foram autuados apenas administrativamente. Os valores, dependendo do caso, variam de R$ 500 a R$ 3 mil por animal.

O comandante da PMA, Vitor Mendes, explica que o cachorro é o principal alvo de maus-tratos na cidade. Também estão na lista animais como cavalos, bovinos, aves e gatos. As denúncias são recebidas pela PMA e uma vai até o local. “Em muitos casos, as denúncias não são verídicas. Os animais ficam sozinhos ou começam a fazer barulho diferente e as pessoas acham que estão sendo vítimas de maus-tratos. Porém, não estão. Por outro lado, é importante que a população denuncie para que essas situações sejam checadas”, pontuou.

As denúncias podem ser feitas pelo número de telefone da PMA (3929-1360) e também no emergência 190 da PM. A última ocorrência registrada e que causou comoção em Três Lagoas foi de um cão que morreu após levar um golpe de enxada na cabeça. Foi o próprio dono que tentou matar o animal, segundo a polícia. Ele fugiu da residência, foi intimado a depor e deverá prestar esclarecimento à Justiça.

Uma vizinha viu o momento em que o morador agrediu o cachorro e o arrastou até o mato. Thor, como era chamado, chegou a ser resgatado, levado para uma clínica e morreu quatro dias depois. Outro registro foi de uma cadela que levou uma paulada na cabeça ao se aproximar de dois cães pit bulls.

Os animais estavam passeando com o dono, ocasião em que a “Neguinha”, como era chamada, aproximou e o homem tentou espantá-la com um pedaço de pau. O animal também foi levado para uma clínica veterinária e morreu logo depois.

Por Kelly Martins

Fonte: JP News 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.