Quinze mil animais domésticos serão castrados em 45 cidades do Paraná para prevenir aumento de doenças e controlar reprodução

Quinze mil animais domésticos serão castrados em 45 cidades do Paraná para prevenir aumento de doenças e controlar reprodução
Quinze mil animais serão castrados em 45 cidades do Paraná — Foto: Divulgação/AEN

Quinze mil animais domésticos serão castrados gratuitamente em 45 cidades do Paraná a partir deste mês de abril. A ação, segundo o governo do Paraná, tem o objetivo de controlar a população de cães e gatos e prevenção de doenças. Veja a lista com todas as cidades no fim da reportagem.

Os convênios com os municípios foram firmados no fim do ano passado, e as prefeituras irão fazer o cadastramento com base em critérios pré-estabelecidos pelo município.

Todos os animais receberão um microchip para garantir o controle. O investimento para os procedimentos é de aproximadamente R$ 2,4 milhões, segundo a administração estadual.

“Todos os animais deverão ser cadastrados no Pet Amigo – Cadastro Estadual de Animais de Companhia, e os tutores receberão as orientações de pré e pós-operatório para que as cirurgias aconteçam de forma segura”, segundo a diretora de Políticas Ambientais da Secretaria, Fabiana Campos.

O cronograma será enviado para os municípios, para agendamento das cirurgias.

Veja os municípios onde serão realizadas as castrações

  • Arararuna
  • Corumbataí do Sul
  • Engenheiro Beltrão
  • Janiópolis
  • Luiziana
  • Mamborê
  • Quarto Centenário
  • Terra Boa
  • Alto Paraíso
  • Alto Piquiri
  • Altonia
  • Cruzeiro do Oeste
  • Esperança Nova
  • Guaíra
  • Icaraíma
  • Iporâ
  • Maria Helena
  • Mariluz
  • Perobal
  • Pérola
  • Santa Isabel do Ivai
  • Tapejara
  • Alto Paraná
  • Apucarana
  • Borrazópolis
  • Cambira
  • Florida
  • Jandaia do Sul
  • Maringá
  • Paranavaí
  • Peabiru
  • Sarandi
  • Campo Mourão
  • Colombo
  • Itaperuçu
  • Pinhais
  • Piraquara
  • São José dos Pinhais
  • Capanema
  • Foz do Iguaçu
  • Matelândia
  • Santo Antonio do Sudoeste
  • São Miguel do Iguaçu
  • Bituruna
  • Imbituva.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.