Recompensa de 400 euros para quem denunciar autor da morte de gato em Portugal

Recompensa de 400 euros para quem denunciar autor da morte de gato em Portugal

A Associação Protetora dos Animais da Guarda está a oferecer uma recompensa a quem tiver informações válidas que ajudem a encontrar o autor da morte do gato na avenida de São Miguel, na Guarda.

O animal foi encontrado preso a uma rede com um mosquetão agarrado à coleira e o caso está a deixar os habitantes da cidade em choque. Para Marisa Paulo, de 36 anos, presidente da Qoasmi (Quando os animais são mais importantes), “continua a imperar o sentimento de impunidade, que permite que as pessoas façam coisas bárbaras e não sejam punidas”.

A responsável acredita que o animal “foi preso deliberadamente à vedação com um mosquetão e que, ao tentar soltar-se, morreu asfixiado”.

Andreia Lopes encontrou o gato por acaso. Marisa Paulo (esq.), da Qoasmi – Fotos: Nuno André Ferreira

Fonte: Correio da Manhã / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.