Recompensa de US$ 5.000 é oferecida por informações que levem a prisões e condenações por rinha de galos nos EUA

Recompensa de US$ 5.000 é oferecida por informações que levem a prisões e condenações por rinha de galos nos EUA
SAN JUAN, PR - 11 DE MARÇO: Combate de dois galos durante a noite de rinha de galos no Clube Gallistico de Isla Verde em 11 de março de 2006, em San Juan, Porto Rico. Rinha de galos, ou "peleas de gallos", é um esporte legal em Porto Rico, ao contrário dos Estados Unidos, onde alguns estados o tornaram crime. Foto de Al Bello/Getty Images.

Grupos de direitos dos animais oferecem uma recompensa de US$ 5.000 por informações que levem a prisões e condenações por rinha de galos na Carolina do Sul.

Os grupos Animal Wellness Action (AWA) e Animal Wellness Foundation (AWF) anunciaram a recompensa após uma ação no condado de Spartanburg no início do mês, onde as autoridades prenderam três homens.

“As forças de segurança federais e estaduais têm o dever de fazer cumprir nossas leis contra as práticas bárbaras de rinha de galos e de cães”, disse Wayne Pacelle, presidente da Animal Wellness Action. “Mas o sucesso de seu trabalho depende da cooperação e da atenção dos cidadãos. Pedimos às pessoas que saibam sobre atividades ilegais de rinhas de animais que nos ajudem a acabar com essas formas de crueldade.”

“O esporte sangrento de rinha de galos gera um esgoto de atividades ilegais, como jogos de azar, uso de drogas e doenças”, disse Marty Irby, diretor executivo da Animal Wellness Action. “Vamos tornar o estado de Palmetto mais seguro quando erradicarmos essa atividade criminosa flagrante e esperamos que o bom povo da Carolina do Sul deseje nossa recompensa de US$ 5.000.”

De acordo com a lei federal, os crimes são os seguintes:

  • Patrocinar ou expor conscientemente em uma rinha de animais.
  • Conscientemente, participar de uma rinha de animais ou levar um indivíduo que não tenha completado 16 anos para presenciar uma rinha de animais.
  • Comprar, vender, possuir, treinar, transportar, entregar ou receber de forma consciente qualquer animal com o propósito de fazer com que ele participe de uma rinha de animais.
  • Usar conscientemente o serviço de correio dos EUA, ou qualquer “forma de comunicação escrita, por fio, por rádio ou televisão, ou instalações para isso, de comércio interestadual” para anunciar um animal para uso em uma rinha de animais, ou para anunciar uma faca, arpão ou outro instrumento afiado projetado para ser preso à pata de uma ave para uso em uma rinha de animais, ou para promover de qualquer outra forma um evento de combate de animais, exceto quando realizado fora dos Estados Unidos.
  • Conscientemente, vender, comprar, transportar ou entregar no comércio interestadual ou internacional “uma faca, um arpão ou qualquer outro instrumento afiado” projetado ou destinado a ser preso à pata de uma ave para uso em uma rinha de animais.

Aqueles que tiverem informações sobre atividades ilegais de rinha de galos podem enviar um e-mail para [email protected] Você também pode entrar em contato com os procuradores dos EUA, com a procuradoria-geral do estado, xerifes do condado ou procuradores distritais.

Por Matt Dillane / Tradução de Ana Carolina Figueiredo

Fonte: ABC News4

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.