Rede de Proteção Animal apresenta ações para vereadoras em Curitiba, PR

A Prefeitura de Curitiba vai trabalhar em parceria com o Legislativo para fortalecer a Rede de Proteção Animal. A superintendente de Controle Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hidricos, Marilza do Carmo Oliveira Dias, reuniu-se com as vereadoras ligadas a causas de proteção animal, Katia Dietrich e Fabiane Rosa, para pedir apoio e expor as ações previstas para 2017 da Divisão de Monitoramento Animal, a Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba.  

A intenção é que as vereadoras tragam sugestões que ajudem a melhorar o serviço e também que o município possa ter apoio para direcionar emendas que ajudem a fortalecer o atendimento na cidade.

Kátia, que se elegeu com o apelido Kátia dos Animais, mostrou-se animada com as ideias e disse que vai se empenhar em fazer o possível em sua legislatura para que seja um bom trabalho em conjunto. “Não apenas a Rede, mas a secretaria como um todo é fundamental para a cidade”, disse ela.

Marilza expôs às duas vereadoras as dificuldades em relação ao orçamento e verbas previstas e pediu apoio para a concretização de algumas medidas. Mas garantiu que a esterilização de animais, inclusive os cadastrados que acabaram ficando sem atendimento nos últimos meses, é uma das prioridades.

“A unidade móvel utilizada para fazer as operações deve ser colocada em funcionamento ainda em janeiro. Em breve teremos a liberação do Conselho Regional de Medicina Veterinária. Precisamos providenciar o caminhão para transporte e o material para os procedimentos”, explicou.

A vereadora Fabiane Rosa garantiu que vai manter a atenção e vigilância em relação do trabalho ligado à proteção animal, mas também vai continuar tentando “ajudar a melhorar a atuação a rede em conjunto com a Prefeitura.”

Fonte: Prefeitura de Curitiba 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.