Rede de Proteção Animal de Curitiba descarta site exclusivo para adoção

Rede de Proteção Animal de Curitiba descarta site exclusivo para adoção

PR curitiba noticia 767598 img1 cao

A prefeitura respondeu à Câmara de Vereadores o pedido de informações sobre estudos do Instituto Curitiba de Informática (ICI) para a implantação do projeto “AdoCÃO”. O documento afirma que a Rede de Defesa e Proteção Animal (RDPA), vinculada à Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), considerou já possuir recursos necessários à divulgação de animais para adoção, achados e perdidos por meio de seu site  e de página em rede social .

Outra argumentação foi que a criação de um novo espaço virtual “teria custo elevado e mesma finalidade das ferramentas já utilizadas”. “Na home page, entre outros serviços há um espaço sobre o tema adoção, no qual o visitante pode conferir a lista de ONGs e seus contatos. A RDPA também realiza o cadastro de protetoras e ONGs para a participação em eventos de adoção e microchipagem de cães e gatos, como a ‘Amigo Bicho’”, afirma trecho do ofício.

A resposta ao requerimento também menciona informações sobre a guarda responsável. “Cabe ressaltar que a adoção feita em Curitiba faz parte dos quatro pilares do manejo populacional e proteção animal (os outros são educação, castração e combate ao abandono)”, completa.

A proposição está cadastrada no sistema com código 062.00171.2014. A resposta está disponível na primeira aba, “dados gerais”, em “ofícios recebidos”. Em 2013, o requerimento 062.00169.2013 já havia questionado a viabilidade do “AdoCÃO”. A prefeitura havia sinalizado a existência do site da Rede de Proteção Animal, mas disse que realizaria estudos junto ao Instituto Curitiba de Informática (ICI) para verificar a viabilidade financeira e técnica para a implantação do projeto.

Fonte: Bem Paraná

Nota do Olhar Animal: O site Olhar Animal disponibiliza diversos canais para a adoção de cães e gatos. Quem quiser adotar esses animais em Curitiba ou qualquer outra cidade, pode fazê-lo acessando nossa página de adoção .

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.