Resgate épico de um musaranho órfão de duas semanas de idade te deixará emocionado

Resgate épico de um musaranho órfão de duas semanas de idade te deixará emocionado
Foto: Scottish SPCA.

A natureza pode ser um lugar muito difícil se você é um animal bebê órfão. Sem uma mãe para alimentá-los e ensinar como sobreviver, bebês tem uma chance quase nula de sobrevivência. A menos que eles consigam um pouco de intervenção humana. Apesar de muitos não pensarem que a vida de um pequeno animal bebê terá um impacto no grande esquema das coisas, a sobrevivência é tudo para aquele pequeno animal. Então, quando encontramos histórias como esta, isso aquece nossos corações.

Quando um pequeno musaranho órfão e seu irmão foram encontrados em um vilarejo de Gifford em East Lothian, Escócia, sem a mãe por perto, pessoas bondosas fizeram a coisa certa e entraram em contato com as autoridades. Ambos os bebês foram acabaram aos cuidados da SPCA Escocesa, em seu Centro Nacional de Resgate de Vida Selvagem, para que eles pudessem receber cuidados imediatos. Com somente 16 dias de vida, é um milagre que os bebês musaranhos foram encontrados vivos, mas infelizmente somente um sobreviveu. Eles o chamaram de Hugh – Hugh, o musaranho. Não, nomes que rimam não são cafonas… veja como ele é adorável!

De acordo com o gerente do centro, Colin Seddon, “um dos membros de nossa equipe, Nicola Turnbull, está cuidando de Hugh desde que ele chegou”.

Cuidar de um musaranho recém-nascido não é uma tarefa fácil. Hugh precisa ser alimentado a cada duas horas durante o dia e a cada três horas durante a noite. Isso é dedicação!

Foto: Scottish SPCA.
Foto: Scottish SPCA.

Os olhos de Hugh acabaram de abrir e ele está atualmente aprendendo como se alimentar sozinho com a ajuda de Turnbull. Graças à sua dedicação, Hugh nunca passará fome conforme ele continua a crescer e a aprender o que significa ser um musaranho independente. Boa sorte, Hugh!

Foto: Scottish SPCA.
Foto: Scottish SPCA.

De acordo com Seddon, “dentro dos próximos dez dias ele deve estar totalmente independente e será capaz de ser solto na natureza”. Hugh está indo tão bem porque a pessoa que o encontrou entrou em contato com o centro local de vida selvagem.

Como amantes de animais, nós podemos entender o fato de querer ajudar um animal necessitado, mas esse é um trabalho melhor deixado para os especialistas. Se você encontrar um animal bebê órfão ou um animal selvagem ferido, entre em contato com o centro local de vida selvagem imediatamente.

Por Kat Smith / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.