Retrocesso: Justiça revoga liminar e rodeios podem ser realizados em São Carlos, SP

Retrocesso: Justiça revoga liminar e rodeios podem ser realizados em São Carlos, SP
Rodeio. Foto: Pixabay

A Justiça revogou a liminar que suspendia a lei municipal que autorizava a realização de rodeios e congêneres em São Carlos. Desta forma volta a ser permitido esse tipo de evento na cidade. A decisão é do juiz Eduardo Cebrian Araújo Reis, assinada em 15 de fevereiro deste ano.

Sobre a lei 

O projeto de lei de autoria dos vereadores Paraná Filho (PSB) e Bira (PSD) que dispõe sobre as normas para realização de rodeios em São Carlos foi aprovado pela Câmara Municipal em 2022 por 10 votos a favor e 7 contra. 

No documento o qual o SCA teve acesso, várias regras são enumeradas. Ainda segundo o projeto de lei, as normas visam o bem-estar animal, suplementando no que couber a legislação estadual e federal vigente.

A justificativa para o projeto, segundo os parlamentares é que o evento será um atrativo para a população em geral, trazendo lazer, empregos diretos e indiretos, fazendo a economia do município expandir. Também que o projeto de lei não visa apenas a montaria em touros e cavalos no estilo cutiano, mas também outras modalidades entre elas, o hipismo.

Parte da arrecadação total com venda de ingressos será destinada ao Canil e Gatil Municipal, bem como para entidades Protetoras dos animais da cidade.

Fonte: São Carlos Agora


Nota do Olhar Animal: Os maus-tratos são INERENTES à exploração dos animais em rodeios, como comprovam fartamente laudos e pareces disponíveis e de amplo conhecimento do Judiciário, mas ignorados pelo Excelentíssimo. Mais uma vez a “convicção” prevalecendo em relação às provas. É vergonhoso.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.