Revoltante: Câmera flagra homem 'descartando' cachorro no Bairro Florença, em Medianeira, PR

Revoltante: Câmera flagra homem ‘descartando’ cachorro no Bairro Florença, em Medianeira, PR

Apesar da estreita relação homem-animal, diariamente constata-se um grande número de casos de maus-tratos contra os animais, cometidos pelos seres humanos: abandono, negligência, espancamentos, promoção de rinhas de galo, caça ilegal e uso de animais para fins recreativos, entre outros.

No nosso município, infelizmente, não é diferente, e mais uma vez, o Guia Medianeira recebeu denúncia de abandono de um cachorro no Bairro Florença, inclusive com imagens de câmeras de vigilância de uma residência, que flagraram o homem descartando o animal como se fosse uma mercadoria sem valor.

As câmeras registram o momento em que um homem chega ao local em uma moto, e arremessa uma caixa de papelão em uma área de vegetação ao lado da rua, que fica numa esquina no final do loteamento. O flagrante ainda mostra o indivíduo olhando em volta para ver se não havia ninguém olhando, e em seguida sai do local.

Moradores próximos, ao perceberem a ação do homem, achando que se tratava mais um caso de descarte de lixo, foram averiguar o que ele havia jogado, e se surpreenderam ao encontrar um cachorro, que havia sido colocado em um saco de lixo, dentro da caixa de papelão.

De acordo com os moradores, se eles não tivessem percebido que se tratava de um animalzinho, ele teria morrido à mingua, pois o saco estava amarrado. O animal aparentava ser bem cuidado, bem limpo e cheiroso, e possivelmente tinha dono, o que deixou os moradores mais revoltados ainda com a situação.

Não é a primeira vez que as câmeras flagram maus exemplos das pessoas. No dia 27 de Dezembro do ano passado, um homem foi flagrado por dois dias seguidos fazendo descarte de lixo no mesmo local.

Crime

Cabe lembrar que o abandono de animais é uma forma de maus-tratos, crime que está tipificado, no Brasil, no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (9.605/98). O abandonador está sujeito a uma pena de detenção de 3 meses a 1 ano, além de multa, e a punição é aumentada de um sexto a um terço se ocorrer morte do animal. Apesar disso, pode-se afirmar que na maioria das vezes quem pratica esse crime acaba impune, pelo abandono de animais ser um crime silencioso.

Fonte: Guia Medianeira

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.