Rinha tinha 42 galos, 18 esporões artificiais e 24 protetores de pescoço (Foto: PM Ambiental)

Rinha de galos é desativada por decisão judicial; 42 aves são apreendidas em MT

Uma rinha de galos em Pontal do Araguaia (a 520 km de Cuiabá) foi fechada, nesta quarta (21), em cumprimento de mandado de busca e apreensão realizada pela Polícia Militar Ambiental, secretaria estadual de Meio Ambiente (Sema) e Polícia Civil. No local uma pessoa foi detida e 42 galos índios em estado degradante apreendidos.

Segundo a Polícia Ambiental, a rinha funcionava em uma casa com estrutura adaptada para a realização de confrontos dos animais, como arena, galpões e armários. De acordo com a denúncia que chegou ao conhecimento da Justiça, a rinha funcionava há alguns meses.

Na casa, os policiais apreenderam, além dos 42 galos, 18 esporões artificiais e 24 protetores de pescoço, no entanto, o que chamou a atenção foi a situação das aves, que apresentavam diversos ferimentos provocadas pelos constantes confrontos.

A pessoa detida, que não teve a identidade divulgada, foi encaminhada a 1ª Delegacia da Polícia Civil e os animais ficaram à disposição da Sema. O suspeito poderá ser enquadrado por crime contra o meio ambiente, por praticar ato de abuso, maus-tratos ou ferir e mutilar animais domésticos, domesticados, nativos ou exóticos. A pena pode chegar a um ano de prisão.

Por Francis Amorim

Fonte: RDNEWS

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.