Rinha de galos é desmontada e 24 animais feridos são resgatados em chácara durante operação em TO

Rinha de galos é desmontada e 24 animais feridos são resgatados em chácara durante operação em TO
Local era adaptado para realização de brigas de galo — Foto: Divulgação/38ª Delegacia de Arapoema

Um local que funcionava como rinha de galos foi desmontado e 24 animais debilitados por causa dos maus-tratos foram resgatados em uma chácara de Bandeirantes, no interior do Tocantins. Os suspeitos de promover as brigas foram identificados, mas fugiram momentos antes da chegada da Polícia Civil.

A operação foi nesta quarta-feira (9) e contou com apoio de fiscais do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins). Segundo a polícia, as investigações tiveram início após o recebimento de denúncias de que no local estariam ocorrendo brigas de galo promovidas por apostadores.

Os agentes fizeram levantamentos e, no local adaptado para promover as brigas, encontraram as aves feridas, além de estruturas que formavam três espécies de ringues onde ocorriam as rinhas entre os galos. A polícia informou ainda que o lugar “não oferecia as mínimas condições para criação e também manutenção dos animais”.

Os animais foram resgatados pelo Naturatins e recebem tratamento veterinário. Quase todos estavam com lesões e debilitados.

Estruturas usadas como ringues foram apreendidas em chácara — Foto: Divulgação/38ª Delegacia de Arapoema
Estruturas usadas como ringues foram apreendidas em chácara — Foto: Divulgação/38ª Delegacia de Arapoema

O delegado Marco Aurélio, que comandou a investigação, disse que as pessoas responsáveis pela promoção da rinha de galo conseguiram escapar, mas buscas aos fugitivos estão sendo feitas. Eles devem responder por crimes ambientais e de maus-tratos aos animais.

Além dos indiciamentos feitos pela Polícia Civil, o dono do imóvel também recebeu uma multa aplicada pelo Naturatins no valor de R$12 mil.

Polícia encontrou local usado para promoção de briga entre galos — Foto: Divulgação/38ª Delegacia de Arapoema
Polícia encontrou local usado para promoção de briga entre galos — Foto: Divulgação/38ª Delegacia de Arapoema

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.