Rio Claro (SP) cria Departamento de Proteção Animal na estrutura da prefeitura

Rio Claro (SP) cria Departamento de Proteção Animal na estrutura da prefeitura

SP rioclaro Departamento-Animal-300x225Presidente da Câmara Municipal, Agnelo Matos e os vereadores José Pereira dos Santos, Raquel Picelli, João Zaine, Maria do Carmo Guilherme, Júlio Lopes, Anderson Christofoletti e assessoria de Dalberto Christofoletti estiveram reunidos com Du Altimari e representantes da Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente na manhã da última quarta-feira, 26. Na oportunidade, o prefeito assinou o projeto que cria o Departamento de Proteção Animal na estrutura da Sepladema. O projeto segue para análise e votação da Câmara Municipal.

Agnelo Matos, em sua fala, frisou que o projeto terá o apoio do Legislativo “com certeza”. Para o presidente, a criação do novo departamento fortalece o trabalho que visa a ampliação de políticas públicas voltadas para a proteção animal. “Esta diretoria terá de interagir com outras secretarias municipais para que o resultado do trabalho seja satisfatório”, comentou.

Raquel Picelli, responsável pela criação do Fórum Permanente em Defesa dos Animais e da Frente Parlamentar em Defesa dos Animais, avalia a criação do departamento como um passo importante para que as políticas públicas neste setor possam avançar com solidez. “A assinatura deste projeto simboliza o término de uma etapa importante da luta que já dura vários anos”, comentou a vereadora ao exemplificar que as conquistas no setor são significativas. “Posso citar, por exemplo, a construção do novo canil”, completou.

Maria do Carmo Guilherme comentou que entre os benefícios, o novo departamento vai possibilitar a Rio Claro receber recursos dos governos estadual e federal. “Já estamos em contato com representantes de bancadas na Câmara Federal para que a nossa cidade possa ser contemplada com recursos em prol da proteção dos animais”, disse.

Para Júlio Lopes, o novo departamento vai possibilitar a realização de trabalho voltado à área de saúde pública. O vereador observa que hoje muitos animais soltos invadem áreas de preservação ambiental e também colocam em risco motoristas no trânsito. “A proteção animal não se limita a cães e gatos. O trabalho envolve outros animais como por exemplos cavalos que diariamente são flagrados soltos pelas ruas”, alertou o parlamentar.

Para Du Altimari, a questão da proteção animal não se trata de assunto local. “Esta pauta é mundial”, frisou o prefeito antes de assinar o projeto. A seu ver, a criação do novo departamento abre possibilidades de conquistas para o setor. “O projeto não se limita a criação de um cargo. O trabalho nesta área é amplo”, enfatizou.

Fonte: Câmara Municipal de Rio Claro

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.