Rio Claro (SP) tem mais de 200 registros de maus-tratos contra animais desde janeiro; veja como denunciar

Rio Claro (SP) tem mais de 200 registros de maus-tratos contra animais desde janeiro; veja como denunciar
Cachorra foi queimada em colchão em Rio Claro — Foto: Arquivo pessoal

Rio Claro (SP) registra 203 atendimentos de maus-tratos contra animais desde janeiro deste ano. O caso mais recente aconteceu no sábado (18) quando um homem espancou e matou uma cachorra queimada em um colchão.

VÍDEO: Casos de maus-tratos a animais crescem em Rio Claro

O tutor da cadela da raça akita, Vanderlei da Silva Pereira, de 49 anos, foi preso em flagrante. Segundo a Guarda Civil Municipal (GCM), ele alegou que o animal não parava de pular nas suas pernas. Irritado, ele deu pauladas na cabeça da cachorra, quebrou as quatro patas e a queimou viva em um colchão eu estava no quintal.

Após passar por audiência de custódia, o tutor teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, que não tem prazo para terminar. O g1 não conseguiu contato com a defesa dele até a última atualização da reportagem.

Denúncias

Segundo a GCM, o número de denúncias de maus-tratos aos animais teve um aumento de 7,2% no ano passado na cidade.

Em 2022, foram registrados 755 atendimentos pela Patrulha Animal e, em 2023, foram 810 casos. Nos quatro primeiros meses deste ano, já são 203 atendimentos, sendo 68 apenas em abril.

De acordo com a GCM, a maioria das denúncias é sobre orientações aos tutores de cuidados, como falta de vacinas ou até melhores condições para o animal como uma casinha para dormir.

O agente vai ao local, faz a orientação e, às vezes, a autuação. Os animais são encaminhados para o Canil Municipal para aguardar a adoção responsável ou para uma ONG de proteção.

Maus-tratos, abuso e violência contra animais é crime previsto por lei. A pena é de dois a cinco anos de prisão, multa e perda da guarda do animal.

Denúncias de crimes contra animais podem ser feitas na Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (DEPA) ou na delegacia do município.

Em Rio Claro, as denúncias podem ser feitas pelos números 153 ou 0800 771 1532.

Por Gabriela Ferraz

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.