Ritual hindu sacrificará 500 mil animais no sul do Nepal; vídeo

Ritual hindu sacrificará 500 mil animais no sul do Nepal; vídeo

Realizado a cada cinco anos, ritual reverencia Gadhimai, a deusa do poder.

INDIA igualdade animal

Nesta sexta-feira, aproximadamente um milhão de fiéis da religião hindu se reunirão em um remoto templo ao sul do Nepal, para homenagear a deusa Gadhimai. Entre rezas, ofertas e outros rituais, o culto será marcado por um peculiar detalhe: o maior sacrifício de animais do mundo.

Realizado a cada cinco anos, o líder religioso do templo conduzirá as preces e também protagonizará um ato de oferecimento de sangue humano antes do sacrifício dos animais. O ritual segue até sábado.

Da última vez que foi realizado, em 2009, cerca de 250 mil búfalos, cabras, ovelhas e galinhas foram executados pelas espadas de religiosos, acompanhado por milhares de pessoas.

Gadhimai, a Deusa do Poder

INDIA StopSacrificiosNewsletter32-108x108Na religião hindu, Gadhimai é conhecida como a deusa do poder, levando seus devotos a praticarem o sacrifício animal como forma de atrair prosperidade. Para chegar ao local da prática religiosa, muitos desses animais são levados ilegalmente entre as fronteiras do Nepal com a Índia.

A lei do homem

Entretanto, em outubro, a Suprema Corte da Índia responsabilizou governo caso algum búfalo ou qualquer outro animal seja transferido pela fronteira sem as devidas autorizações legais.

Na útlima quarta-feira, dois dias antes do ritual, mais de 2 mil animais foram apreendidos, além da prisão de centenas de pessoas. Os restos dos animais sacrificados, ao final do encontro, serão comercializados, enquanto os crânios dos búfalos serão transformados em objetos de adoração.

Fonte: Catraca Livre 

Nota do Olhar Animal: Como nos mostra o biólogo Sérgio Greif em seu artigo ‘Sacrifício de animais‘, todas as grandes religiões, em algum momento de sua história, praticaram o sacrifício de animais humanos e/ou não humanos. Também nelas, o ser humano prioriza seus interesses, pouco se importando com o dano causado a outros seres.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.