RJ: Animais da Suipa tem apenas mais um dia de ração

RJ: Animais da Suipa tem apenas mais um dia de ração

Com o dinheiro bloqueado pela Justiça após a morte da presidente da Suipa, os animais que vivem na instituição estão sem comida. A ração existente na unidade só é suficiente para mais um dia. Funcionários estão pedindo ajuda aos associados.

Por Ermelinda Rita

Os cães e gatos da Suipa correm o risco de morrer de fome por falta de comida. A ração que há na sede da Sociedade União Internacional Protetora dos animais,em Benfica, só dá para mais um dia. Após a morte da presidente Izabel Cristina Nascimento, no início do mês de agosto,a agência bancária,que tem a conta da entidade bloqueou o dinheiro.

Sem recursos,os funcionários estão pedindo ajuda aos associados ,mas a entidade perdeu dois mil sócios devido à crise financeira do país. A SUIPA gasta R$ 50 mil por semana em ração, para alimentar 4,5 mil cães e gatos. Por mês, são 1.540 sacos para animais adultos, cerca de 30.800kg de ração. O supervisor financeiro da Suipa registrou em ata que haverá eleição para presidente no dia 25 e comunicou à Justiça, no dia 30 de agosto, que a diretora social Sílvia Marques assumiu interinamente o cargo.

Apesar de toda a documentação apresentada,o dinheiro só será liberado no dia 14. O supervisor Manoel de Souza Monteiro diz que entrou com um pedido de tutela antecipada na Justiça para agilizar o desbloqueio da conta.

‘A Suipa está enfrentando agora o problema de transição de poder e com isso a conta foi bloqueada junto ao nosso principal banco. O nosso problema hoje é alimentar os animais que estão na Suipa. Precisamos de 1,2 tonelada por dia. Fazemos pedido à população e a empresas que trabalham com rações que nos doem, nesse período, para suportar até que a Justiça libere a nossa conta junto ao banco. Já entramos com pedido judicial para esse desbloqueio. Peço que todos nos ajudem nesse momento crítico da Suipa’, diz Manoel de Souza.

Associada há nove anos da Suipa, a advogada Sophia Gilda conta que levou 500 latas de alimentos para aliviar o sofrimento dos animais.

‘Essa semana, eu levei 500 latinhas para cães e gatos, pois a Suipa está atravessando uma situação muito difícil, necessitando de ajuda de todos’, contou.

A ex-presidente Izabel Cristina Nascimento ficou à frente da Suipa por 27 anos. Ela morava no abrigo II, em São Gonçalo, onde a Suipa mantém 850 cães, gatos, cavalos e porcos. A alimentação desses animais está garantida por mais uma semana.

Além da falta de ração, a Suipa enfrenta a dívida de R$ 16 milhões com o governo federal referente ao INSS. O salário dos funcionários da Suipa está atrasado há dois meses e a instituição enfrenta várias ações trabalhistas na Justiça.

Fonte: CBN

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.