Sagui morre após contrair herpes humana em Itatiba, SP

Sagui morre após contrair herpes humana em Itatiba, SP
Sagui morre após contrair herpes humana em Itatiba — Foto: Mata Ciliar de Jundiaí/Divulgação

Um sagui morreu, nesta terça-feira (7), após contrair herpes humana em Itatiba (SP). O animal chegou a ser socorrido e levado até o Cras da Mata Ciliar de Jundiaí, mas não resistiu.

Segundo a Mata Ciliar, o animal foi encontrado caído em um parque com boa parte do rosto tomado pela doença. De acordo com a associação, os frequentadores do local costumam alimentar os animais.

Ainda conforme a associação, a lesão estava infeccionada e o animal acabou perdendo o olho direito, além da parte da mandíbula e toda a fileira de dentes da parte superior da boca.

“A lesão é bem característica do herpes que ocorre em humanos, pois começa como uma ferida, como uma afta, e vai evoluindo, consumindo todo o rosto do animal, até que ele fique em estado vegetativo. E é uma situação muito preocupante, pois a herpes consegue dizimar um bando inteiro da espécie”, pontua a médica veterinária da Mata Ciliar, Ana Julia Tonetti Claro.

Conforme a associação, a principal forma de transmitir o herpes é justamente pelo contato com a mucosa humana. “Provavelmente, aliado ao histórico, uma pessoa que estava comendo algum alimento acabou oferecendo ao sagui”, diz.

O município de Itatiba possui parceria com a Mata Ciliar, que contribui para o recebimento e reabilitação de animais silvestres.

Fonte: g1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.