Sagui morre após ser baleado e ficar com projétil alojado na cabeça

Sagui morre após ser baleado e ficar com projétil alojado na cabeça

Um sagui morreu nesta terça-feira (8) após ficar com uma bala alojada na cabeça, em Jundiaí (SP). Mesmo depois de passar por cirurgia para retirada do projétil, o animal teve sequelas graves e não resistiu.

O pequeno primata foi resgatado pela Associação Mata Ciliar e encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) após cair de uma árvore. Lá, passou por uma cirurgia para a retirada do objeto. Uma imagem do raio-x mostra o projétil alojado.

Segundo a associação, o sagui teve danos neurológicos graves consequentes da bala que ficou alojada no crânio. Cerca de quatro horas depois do procedimento, o animal faleceu.

Em um post nas redes sociais, a Associação Mata Ciliar atribui a morte do sagui às práticas de caça praticadas na região. A organização realiza diversas campanhas na tentativa de proibir a prática, em prol do bem-estar e segurança dos animais.

“Atualmente, são seis projetos de lei que tramitam no Congresso com objetivo de flexibilizar a caça. Cabe à população exercer o seu papel e reivindicar respeito à nossa fauna já tão ameaçada”, diz o post.

Sagui passou por cirurgia para retirar o projétil — Foto: Divulgação/Associação Mata Ciliar

Animal não resistiu às sequelas neurológicas e morreu — Foto: Divulgação/Associação Mata Ciliar

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.