Cães candidatos pelo Partido dos Pets Unidos em Juiz de Fora — Foto: Canil Municipal/Divulgação

Santinhos com cães candidatos viram campanha para incentivar adoção em Juiz de Fora, MG

O Canil Municipal de Juiz de Fora lançou nesta semana mais uma campanha de incentivo à adoção responsável. Seis cães foram apresentados na internet como candidatos do “Partido dos Pets Unidos (PPU)” para as “Eleições Caninas 2018”.

O canil aproveitou o clima de véspera de eleições e publicou “santinhos” dos animais, convidando os interessados a entrar em contato com o Disque-Adoção.

Na propaganda eleitoral, as “cãodidatas” Antonieta, Bartolomeia, Bituca, Caramela, Jujuba e Miguelita prometem tratar os futuros tutores com muito carinho, fazer pouca bagunça e só latir quando foi necessário.

Cães candidatos pelo Partido dos Pets Unidos em Juiz de Fora — Foto: Canil Municipal/Divulgação
Cães candidatos pelo Partido dos Pets Unidos em Juiz de Fora — Foto: Canil Municipal/Divulgação

Redes sociais como aliadas

Iniciativas como a criação do PPU são comuns no perfil do Canil Municipal. Em junho, a Copa do Mundo inspirou uma campanha de incentivo à adoção.

O trabalho feito nas redes sociais é uma importante ferramenta de divulgação do trabalho feito no Canil.

“Nós sempre fazemos essas campanhas comemorativas em momentos especiais. Por utilizarmos temas que as pessoas estão envolvidas, como a Copa do Mundo e as Eleições, o público se sensibiliza bastante”, explicou a gerente do Departamento de Controle Animal, Miriam Neder.

Como adotar?

Os interessados em adotar os animais devem entrar em contato com a Prefeitura através do Disque-Adoção, pelo número (32) 3225-9933, preencher o formulário online ou ir direto ao Canil, que fica na Avenida Francisco Valadares, n° 1.000, no Bairro Vila Ideal.

Cães candidatos pelo Partido dos Pets Unidos em Juiz de Fora — Foto: Canil Municipal/Divulgação
Cães candidatos pelo Partido dos Pets Unidos em Juiz de Fora — Foto: Canil Municipal/Divulgação

Por Gabriella Almeida, G1 Zona da Mata

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.