São Carlos (SP) não recebe vacina antirrábica do Ministério da Saúde e suspende campanha

São Carlos (SP) não recebe vacina antirrábica do Ministério da Saúde e suspende campanha

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Unidade de Controle de Zoonoses e Endemias informa que conformeNota Informativa nº 51/2019 do Ministério da Saúde e Ofício Circular IP DG 06/2019 do Governo do Estado de São Paulo, não receberá doses de vacina antirrábica para a realização da Campanha de Vacinação contra a Raiva Animal (cães e gatos).

As doses enviadas pelo estado são repassadas pelo Ministério da Saúde. O Ministério informou que devido a uma reprogramação de entrega das doses da vacina pelo laboratório fornecedor, a estratégia de campanha de 2019 foi alterada e que as doses disponíveis atualmente serão utilizadas para a vacinação animal em áreas de risco do país, sendo que o estado de São Paulo não está incluído nessa relação de regiões prioritárias.

O Ministério informa, ainda, que na intercorrência por ajustes no novo cronograma de entrega da vacina, serão mantidos somente os estoques estratégicos do imunobiológico para bloqueio de foco dos casos de raiva em cães e gatos.

“Temos somente 200 doses da vacina parabloqueio de foco dos casos de raiva em cães e gatos. Os municípios que tinham sobras de vacinas do ano passado conseguiram antecipar a campanha e imunizar animais antes do vencimento do imunológico, caso de Rio Claro, mas campanha nenhum município do porte de São Carlos fez porque não recebeu a vacina.Ainda não foi divulgado oficialmente, porém durante o 12º Seminário de Vigilância e Controle da Raiva, realizado de 5 a 7 de novembro, em Águas de Lindóia, fomos informados por técnicos do Ministério que a previsão de reabastecimento da vacina será em agosto de 2020”, ressalta Luciana Marchetti, supervisora da Unidade de Controle de Zoonoses e Endemias.

A supervisora ressalta, ainda, que há 20 anos não é registrado nenhum caso de raiva em cães e gatos na cidade. “Solicito para que a população reforce os cuidados de posse responsável, não deixando animais soltos nas ruas. Se perceber que seu cão ou gato teve contato com morcegos, tentou cassar um morcego, procure a Zoonoses que seu animal será vacinado e o caso investigado”.

Em 2018 foram imunizados em São Carlos 19.685 cães e 3.707 gatos, totalizando 23.392 animais nas áreas urbana e rural.

A Unidade de Controle de Zoonoses e Endemias de São Carlos funciona no prédio da Vigilância Epidemiológica, na rua Conde do Pinhal, nº 2.161, no centro. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 3307-7405 ou 3307-7282.

Fonte: São Carlos Agora 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.