Secretaria do Meio Ambiente de SP investiga morte de gansos no Horto Florestal

Secretaria do Meio Ambiente de SP investiga morte de gansos no Horto Florestal
Horto Florestal, Zona Norte da capital paulista — Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

A Secretaria estadual do Meio Ambiente de São Paulo investiga a causa da morte de 13 gansos no Horto Florestal, parque estadual na Zona Norte da capital paulista. Os animais apareceram mortos na segunda-feira (19).

Segundo a pasta, a suspeita inicial da Coordenadoria de Parques e Parcerias (CPP), é a da atuação de um patógeno, ou seja, de alguma bactéria, fungo ou vírus que tenha causado uma doença e a morte dos animais.

Ainda de acordo com a secretaria, o laudo veterinário está em análise e deve ser concluído nos próximos dias.

Um grupo de ativistas pressiona o Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) a investigar o caso.

Um abaixo-assinado virtual contava com mais de 130 assinaturas na manhã desta quarta-feira (21) e também cobra explicações do Instituto Florestal e do Controle de Zoonoses da Prefeitura de São Paulo.

“Os responsáveis pela fauna do parque precisam esclarecer para a população o que está acontecendo. A eles está confiado o bom cuidado com nosso patrimônio. Queremos resposta sobre as mortes de animais no Parque Estadual Alberto Löfgren”, diz o abaixo-assinado.

Nas redes sociais, moradores do Jardim Pery levantaram a suspeita de envenenamento dos animais.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.