Segunda vistoria no Canil Municipal de Santa Isabel (SP) encontra mais irregularidades e cão quase morrendo

Segunda vistoria no Canil Municipal de Santa Isabel (SP) encontra mais irregularidades e cão quase morrendo
Canil de Santa Isabel tinha vários medicamentos vencidos. — Foto: Reprodução/TV Diário

A Comissão formada por um vereador, veterinários e pela Associação Protetora dos Animais realizou a segunda vistoria no Canil Municipal de Santa Isabel nesta sexta-feira (1º). O local está interditado desde a última terça-feira (29), porque foram encontradas diversas irregularidades, entre elas medicamentos vencidos.

VÍDEO: Animais doentes são encontrados sem acompanhamento veterinário em canil de Santa Isabel

Na segunda vistoria, a equipe encontrou animais doentes que continuam internados no local sem qualquer acompanhamento veterinário. Havia apenas dois funcionários da limpeza.

Durante a primeira vistoria, na terça-feira, o grupo encontrou diversos medicamentos vencidos nos anos de 2016, 2017 e 2018. Além disso, um aviso no quadro chamava a atenção. Ele dizia que os funcionários deveriam lavar as seringas após o uso para reutilizá-las.

Neste dia, a Polícia Científica fez uma perícia no local. Os produtos foram apreendidos e a denúncia apresentada ao Ministério Público.

A convite da comissão, a equipe da TV Diário acompanhou a segunda perícia, que identificou mais irregularidades. Em uma das pias, material sujo e enferrujado.

“Isso é uma pia de preparação cirúrgica. Aqui deveria ser usado para higienizar as mãos, e não com uma pinça jogada aqui. Não tem lixeira com tampa, pedal. Isso está completamente irregular”, avaliou a médica veterinária Marisa Pereira Teixeira.

Em uma das salas, os medicamentos estavam guardados ao lado dos produtos de limpeza. Ao lado do canil, um quartinho estava com um fichários dos cães junto com os anestésicos vencidos em 2018.

“Aqui é um espaço para o bem do povo de Santa Isabel e do animal. Ninguém está aqui para colocar ninguém na cadeia. Nós pagamos impostos. A prefeita veio aqui e disse que iria interditar tudo, e cadê a vigilância sanitária que não está vindo aqui?”, questiona a veterinária.

O Canil Municipal foi inaugurado em 2013 e hoje está lotado, com quase 100 cães divididos em vários espaços, além de 15 gatos. Mas nem todos os animais estão em boas condições.

Um dos cães está bem doente, mas não há como cuidar dele. “Infelizmente a prefietura deveria repor a medicação que precisa. Agora o animal está ruim, e não tem um veterinário, sem medicamento”, pontuou.

O vereador Benedito Gabriel avaliou que trata-se de uma reincidência do fato. “Acredito eu que ficou mais grave porque ainda tem medicamento vencido e tem um cachorro entrando em óbito e não tem medicamento e nem veterinário”, enfatizou.

As novas irregularidades foram apresentadas na delegacia. O delegado Carlos Alberto de Oliveira instaurou um inquérito para investigar o caso.

“Agora vamos ouvir todo mundo para saber a responsabilidade. Indicar qual a origem daqueles remédios, qual a metodologia que era aplicada, a incidência de morte. Tudo deve ter uma planilha. Vamos verificar se existe só os maus-tratos ou também crime de morte envolvido”, conta o delegado.

A Prefeitura limitou-se a dizer que a unidade está interditada e que todas as acusações do vereador serão apuradas.

Por William Tanida, Diário TV 2ª Edição

Fonte: G1

Polícia Civil investiga aplicação de remédio vencido em animais no Canil de Santa Isabel, SP

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.