Sem água e sem comida há dias, mula foi resgatada por agentes de trânsito em Guanambi, BA

Sem água e sem comida há dias, mula foi resgatada por agentes de trânsito em Guanambi, BA
Reprodução | SMTrans

Uma equipe do setor de fiscalização da Superintendência Municipal de Transito de Guanambi (SMTrans), realizou o resgate de uma mula que estava amarrada há vários dias sem água e sem comida. A ação ocorreu na tarde desta terça-feira (23).

Os agentes chegaram ao local, próximo ao Lajedão, no bairro Marabá, após denúncias de moradores a emissoras de rádio da cidade. Segundo o coordenador de fiscalização, agente Mota, populares relataram que o animal estava amarrado no local há vários dias.

A mula foi embarcada em um caminhão e levada para o curral municipal, onde recebeu água, comida e cuidados veterinários. Ainda segundo a coordenação, este foi o 5º resgate do tipo realizado este ano pela SMTrans.

Nestes casos, quando animais são recolhidos ao curral, para reavê-los, os responsáveis devem apresentar cópia de seus documentos pessoais, comprovante de residência e o ferro com as iniciais para ferrar. Há ainda uma taxa de liberação de cerca de R$ 100 e mais R$ 40 por dia de estadia no local.

Além disso, é necessário fazer um registro fotográfico ao lado do animal para um banco de dados da SMTrans. Em caso acidentes futuros envolvendo o animal, o responsável é identificado com base nesses registros. Se ocorrer do animai não ser reivindicado no prazo de 10 dias úteis, ele pode ser doado.

A situação registrada na última terça-feira pode ser enquadrada como crime de maus-tratos, com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e a proibição de guarda. No entanto, não foi registrado flagrante da situação.

Por Tiago Marques

Fonte: Agência Sertão

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.