DF brasilia castramovel 744p6xblbl file thumb

Serviço móvel faz castração gratuita em cães e gatos no DF

O programa começou a funcionar nessa sexta-feira (12) e deve castrar 200 até dezembro.

DF brasilia castramovel 744p6xblbl file

O serviço móvel de castração de gatos e cães começou a funcionar nessa sexta-feira (12), em Taguatinga. O castramóvel é um programa itinerante, fruto de uma parceria entre o Ibram (Instituto Brasília Ambiental) e a UnB (Universidade de Brasília) e pretende realizar procedimentos de castração em 200 animais até o fim do ano.

Para fazer a cirurgia, o animal passa por três etapas: exames pré-operatórios para avaliação da saúde e, se estiver apto, o animal é enviado para a cirurgia.

A castração demora cerca de 20 minutos para ser finalizada. Depois do procedimento, o cão ou gato deve retornar para retirada dos pontos cirúrgicos e acompanhamento veterinário.

Nesta sexta-feira, os primeiros animais selecionados pelo programa foram chamados para exames. A dona de casa Maria do Socorro Ferreira, levou “Xepa” para avaliação. Ela estava preocupada com a possibilidade de uma nova gestação da cadela.

— Foi em uma hora muito boa. Eu não tenho condições de pagar uma cirurgia na minha cachorra e estava pensando que se ela parisse mais uma vez, ia morrer e eu ficaria sem minha cachorra.

O subsecretário de Saúde Ambiental do DF, Luiz Maranhão, afirma que o castramóvel faz parte de uma política de controle da natalidade dos animais.

— A gente teve que adotar essa política rápida, uma política que pudesse atender o problema de cães abandonados e doentes porque muitos donos não têm condições de o animal a um hospital veterinário privado.

O projeto também é um sistema de aprendizado para estudantes que cursam o sétimo semestre de Medicina Veterinária e Agronomia na Universidade de Brasília.

— Os estudantes estão envolvidos e nossos colegas da Faculdade de Agronomia e Veterinária estão muito animados com a qualidade do projeto.

Os interessados em realizar castração nos bichos de estimação devem entrar em uma lista de espera. O cadastro é feito pelo site ibram.df.gov.br.

Fonte: R7

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.