Shows pirotécnicos com fogos silenciosos não tiveram efeito anunciado no interior do Ceará

Shows pirotécnicos com fogos silenciosos não tiveram efeito anunciado no interior do Ceará

A prometida queima silenciosa de fogos no Réveillon não teve o resultado anunciado e tão esperado em algumas cidades do interior. Em Quixadá, os fogos de artifício mantiveram o barulho tradicional, frustrando a expectativa de muitos que estavam acompanhando o show da virada de 2020. 

View this post on Instagram

A prometida queima silenciosa de fogos no Réveillon não teve o resultado anunciado e tão esperado em algumas cidades do interior. Em Quixadá, os fogos de artifício mantiveram o barulho tradicional, frustrando a expectativa de muitos que estavam acompanhando o show da virada de 2020. Vídeos gravados por populares mostram a queima de fogos de artifício na Praça José de Barros, no Centro, com o estouro comum e o brilho no céu. . Por meio de nota, a Prefeitura de Quixadá, esclareceu que "o show pirotécnico não contou com rojões e bombas. Quanto aos fogos silenciosos, fazem bem menos barulho que os convencionais, mas os ruídos são inevitáveis, porque a propulsão é feita por pólvora”. Em Guaramiranga, o show pirotécnico também não foi totalmente silencioso, embora tenha apresentado menos ruídos.Conforme a assessoria de comunicação da Prefeitura, a queima de fogos do réveillon do Município cumpriu o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público. "Foram usados somente fogos de artifício com a tecnologia de menor barulho e vedado uso de rojões". (Vídeos: Vc Repórter) #fogos #2020#anonovo #DN #diáriodonordeste

A post shared by Diário do Nordeste (@diariodonordeste) on

Vídeos gravados por populares mostram a queima de fogos de artifício na Praça José de Barros, no Centro, com o estouro comum e o brilho no céu. . 

Por meio de nota, a Prefeitura de Quixadá, esclareceu que “o show pirotécnico não contou com rojões e bombas. Quanto aos fogos silenciosos, fazem bem menos barulho que os convencionais, mas os ruídos são inevitáveis, porque a propulsão é feita por pólvora”.

Em Guaramiranga, o show pirotécnico também não foi totalmente silencioso, embora tenha apresentado menos ruídos.Conforme a assessoria de comunicação da Prefeitura, a queima de fogos do réveillon do Município cumpriu o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público. “Foram usados somente fogos de artifício com a tecnologia de menor barulho e vedado uso de rojões”. 

Opiniões divididas 

Os defensores dos animais, que são sensíveis ao barulho, criticam a queima de bombas e os fortes barulhos em eventos públicos. Débora Cristina, da ONG É o Bicho, concorda com a redução do som e a proibição de queima de rojões, as populares baterias, com forte explosão.

Outros, porém, discordam e avaliam que o espetáculo “tem que ter barulho para dar mais emoção”, como defende o comerciário Miguel Clares. “Com o som da explosão e o brilho no céu fica mais bonito. Se for tudo silencioso, acho que não tem graça”, completa.

O médico veterinário Arthur Oswaldo Quirino, reforça, porém, que os cachorros têm audição sensível e sofrem quando expostos a intensos barulhos. “Eles ficam assustados, estressados, nervosos e impacientes”, pontuou.  

Consequências

O subtenente da 1ª Companhia do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros, em Iguatu, Inácio de Araújo, observou que a queima de rojões e de fogos pode trazer “sérias consequências”. Ele pontua que o barulho “afeta os cães, idosos, crianças autistas”.

Ainda conforme Araújo, “existe tecnologia em que o barulho é reduzido, só da bomba de expulsão, e não de explosão”. Ele sugere o uso do termo “fogos de menos ruído” já que os produtos pirotécnicos não são totalmente silenciosos. 

Inácio de Araújo avalia que, “com o passar dos anos, a pressão das instituições defensoras dos animais e do sossego público, fará com que leis sejam aprovadas para redução no uso de explosivos que provocam imensos barulhos”.

A reportagem tentou contato com a assessoria das demais prefeituras que divulgaram que o show pirotécnico seria silencioso, no entanto, não houve retorno até a publicação desta matéria.  

Cidades que anunciaram queima de fogos silenciosa:

  • Quixadá
  • Ibicuitinga
  • Morada Nova
  • Pacoti
  • Aracati
  • Guaramiranga
  • Paraipaba
  • Paracuru

Por Honório Barbosa

Fonte: Diário do Nordeste 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.