Só oito senadores votaram contra liberação de vaquejadas. Dois são do Paraná

Só oito senadores votaram contra liberação de vaquejadas. Dois são do Paraná

O Senado aprovou nesta terça uma nova lei liberando a realização de vaquejadas e rodeios no Brasil. Embora o STF tenha proibido sua realização por serem cruéis com os animais, os senadores decidiram que os eventos não são cruéis quando fazem “parte da cultura local”.

No final da votação, apenas oito senadores do país todo votaram contra a proposta. Dentre os oito, está toda a bancada do Rio de Janeiro e quase toda a bancada paranaense (com exceção de Alvaro Dias, que se absteve). Veja a lista de votos contra a aprovação do projeto abaixo.

Contrários

Antonio Anastasia (PSDB-MG)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Marta Suplicy (PMDB-SP)
Randolfe Rodrigues (REDE-AP)
Roberto Requião (PMDB-PR)
Romário (PSB-RJ)

Abstenções

Alvaro Dias (PV-PR)
Regina Sousa (PT-PI)

Por  Rogerio Waldrigues Galindo

Fonte: Gazeta do Povo 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.