Escolhas alimentares frangos dobrarem tamanho H

Suas escolhas alimentares têm feito os frangos dobrarem de tamanho nos últimos 50 anos

Por Jaime Mishkin / Tradução de Elisangela Evaristo

Assim como os humanos, frangos são seres vivos, que respiram. Eles sentem prazer e dor, são extremamente inteligentes e capazes de sentir empatia e amizade. Apesar disso, os seres humanos têm mercantilizado seus corpos, transformando-os em nada além de uma máquina com fins lucrativos, útil apenas por sua carne. Aos olhos de muitos consumidores e fazendeiros, os frangos são nada além de itens à venda.

Por essa razão, fomos tão longe a ponto de manipulá-los geneticamente. Um frango criado para carne, ou frango de corte, pesa até três quilogramas: quase o dobro do tamanho de um frango de 60 anos atrás. E seus peitos são 80 por cento maiores. E se você puder acreditar, eles conseguem atingir este tamanho incrível em seis semanas, enquanto uma ave na década de 50 levava até 15 semanas para alcançar o seu desenvolvimento total (mas com um tamanho muito menor). Não é surpreendente que este crescimento acelerado acarrete problemas de saúde e sofrimento para os animais – de dificuldade para caminhar, mover-se a simplesmente equilibrar-se sobre seus próprios pés. E o tamanho não é a única mudança para estes animais: galinhas poedeiras estão produzindo mais ovos do que nunca. Atualmente, as galinhas produzem em média 250 ovos por ano. Há cem anos, esse número era de apenas 100.

Em outras palavras, nós mercantilizamos o frango e maximizamos a sua carne, tudo em nome do lucro. Esta imagem ilustra o crescimento vertiginoso do frango moderno.

Escolhas alimentares frangos dobrarem tamanho

Então, por que isso está acontecendo? O rápido crescimento do tamanho do frango pode ser diretamente relacionado ao rápido crescimento do apetite da população norte-americana por frango. A fim de atender a insaciável dieta norte-americana, nós alteramos seus genes e os confinamos a condições de vida miseráveis ​​em fazendas industriais. De fato, nos EUA,  99 por cento dos frangos são criados em uma fazenda industrial. Essas aves são alojadas em galpões escuros, quentes e superlotados com dez mil aves.

O que você pode fazer?

É chocante pensar nos extremos a que chegamos para satisfazer as demandas dos consumidores. Os frangos são animais  altamente inteligentes, sencientes. É nosso dever respeitar a vida desses animais e fazer tudo o que pudermos para garantir que esta indústria chegue ao fim. Ao escolher manter frango e ovos fora do seu prato (ou o subproduto animal, para falar a verdade), todos nós podemos diminuir a demanda que tem impulsionado a indústria a manipular esses animais a tal ponto. Todos nós temos o poder de fazer a diferença para os frangos ao simplesmente decidir não sustentar a indústria de agricultura animal. Com tantas alternativas vegetarianas incríveis, a escolha nunca foi tão fácil ou deliciosa!

Fonte: One Green Planet

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.