Surfistas confortam filhote de baleia encalhado antes de reuni-lo com sua mãe

Surfistas confortam filhote de baleia encalhado antes de reuni-lo com sua mãe

Por Stephen Messenger / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Um filhote de baleia jubarte foi salvo da morte certa na semana retrasada após ficar encalhado em um trecho da costa da Austrália – tudo graças a um grupo de estranhos que se recusou a vê-lo perecer.

O surfista Blair McDonald foi o primeiro a vir em socorro do jovem animal enquanto ele se debatia em pânico na costa rochosa. McDonald foi logo acompanhado por outros surfistas e banhistas que se juntaram para formar uma tentativa de resgate, mas primeiro ele sabia que tinha que tranquilizar o bebê assustado dizendo que eles estavam lá para ajudar.

“Eu estava fazendo carinho e conversando com ele para tentar mantê-lo calmo”, ele contou ao noticiário Coffs Coast Advocate. “Nós sabíamos que o tempo estava acabando porque a maré estava baixando e estava ficando cada vez mais rasa, e a baleia foi ficando cada vez mais atolada e se cortando”.

Enquanto a mãe do filhote esperava impotente no mar, os resgatistas foram ao trabalho. Eles amarraram uma corda ao redor de sua cauda e puxaram juntos como um time para levá-lo de volta até as águas mais profundas.

Os esforços heroicos foram capturados em um vídeo – mas salvar o jovem animal no fim das contas precisou de muito mais persistência do que eles imaginavam.

Por duas vezes o grupo conseguiu arrastar o filhote de baleia com a corda até a água profunda o suficiente para que ele pudesse nadar, mas ambas as vezes ele encalhou de novo. Ao invés de desistirem do que estava rapidamente se tornando uma missão sem sentido, McDonald e os outros optaram por fazer algo diferente – desta vez eles usaram o peso de seus corpos para guiar o bebê baleia de volta ao mar.

“Nós decidimos nos unir porque estávamos correndo contra o tempo e a mãe estava indo de um lado para o outro e nós sabíamos que se ela fosse embora o filhote não teria nenhuma chance de sobrevivência, nós tínhamos que tirá-lo de lá”, McDonald disse.

E certamente, suas ações valeram a pena.

O filhote de baleia, exausto e com alguns cortes, mas vivo, foi visto nadando em direção à sua mãe – uma reunião que somente se tornou possível por causa daqueles que tomaram o tempo para ajudar.

“Não é todo dia que você tem que ajudar um filhote de baleia jubarte de 4 metros de comprimento que está encalhado nas rochas”, McDonald escreveu no Facebook. “Nós conseguimos libertá-lo com sucesso, então agora a mamãe baleia vai mantê-lo a salvo e ajudá-lo a se recuperar. Um enorme obrigado a todos os envolvidos”.

Fonte: The Dodo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.