‘SUS Animal’ está suspenso em Uberaba, MG

‘SUS Animal’ está suspenso em Uberaba, MG
Cão em situação de rua — Foto: EPTV

O Ministério Público de Meio Ambiente, a Superintendência de Bem Estar Animal e o Hospital Veterinário Universitário (HVU) em Uberaba criaram uma parceria para a implementação de projeto social, apelidada por “SUS Animal”. Projeto que tem como objetivo deliberar ações voltadas para o atendimento e assistência à saúde dos animais em situação de rua, com problemas de emergência e urgência. Contudo, o serviço está parado na cidade desde novembro devido à pandemia de Covid-19.

A iniciativa estava ativa desde maio deste ano e ajudava diversos animais. Uberaba tem uma população animal de 60 mil cães e 20 mil gatos, tanto domésticos, quanto de rua. Até outubro, foram resgatado pela Superintendência de Bem Estar Animal, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar do Meio Ambiento e Projeto Carroceiro – que promove dentre outras ações de cadastramento e orientação aos carroceiros, estímulo à substituição dos animais por veículos e acolhimento de animais vítimas de maus-tratos – 129 animais. Entre esses animais, foram salvos 94 cães, 22 gatos, 12 equinos, e um muar.

O tratamento de animais muitas vezes sai caro, então, o projeto, além de ajudar os animais, faz com que as pessoas não gastem tanto com os tratamentos.

Normalmente, voluntários que cuidam de animais em situação de rua, fazem vaquinhas, rifa, pedidos de ajuda nas redes sociais, bazares, para pode arcar com todas as despesas. Que é o caso da empresária, Rejane Rosa.

Ela se deparou com um gatinho na Rua Alumínio, no Bairro Leblon, dentro de uma caixa de papelão na calçada de uma casa. Ela pegou o bichano e tentou cuidar dele, levando-o em clínicas veterinárias para o tratamento. Em seguida foi até o Hospital Veterinário Universitário (HVU) e, após avaliação do animal, disseram que não tinham condições de fazer exames de sangue e raio-x devido ao estado de saúde do gato.

“Quando veio a conta eu cai na real. O tratamento ficou muito caro, pois precisa passar por cirurgia. Estou muito triste pensando nas condições de vários outros animaizinhos sofrendo por aí”, comentou. 

A empresária saiu do HVU com um orçamento de R$ 767, por isso decidiu fazer uma vaquinha on-line para doação e já quase chegou em R$ 2 mil. “Ainda falta muito para cobrir os gastos. Creio que vai chegar a uns R$ 3 mil”, acrescentou Rosa.

A dificuldade de cuidar de animais em situação de rua ou emergência é grande. Mas com o projetos como o “SUS Animal” funcionando podem fazer a diferença na vida das pessoas e dos bichinhos.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.