Suspeito de matar animais domésticos em Noronha paga fiança e é liberado

Suspeito de matar animais domésticos em Noronha paga fiança e é liberado
Segundo denúncia feita à polícia, cães e gatos encontrados em ruas eram mortos — Foto: Ana Clara Marinho/TV Globo

O homem que foi preso, na terça-feira (27), em Fernando de Noronha, por suspeita de matar cães e gatos na ilha, pagou a fiança estipulada pela polícia em R$ 10 mil e foi liberado, no mesmo dia, para responder ao inquérito em liberdade.

O delegado Luiz Alberto Braga informou que o homem foi autuado em flagrante pelo crime de maus-tratos a animais, com resultado de morte. Segundo o policial, testemunhas afirmam que o homem é suspeito de matar pelo menos 40 cães e gatos.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que foram encontrados na casa do suspeito frascos com um composto venenoso (chumbinho) e ração. O homem, que prestava serviço à Administração da ilha, era agente de vigilância em saúde e responsável pelo canil público.

Ração e veneno foram encontrados na casa do suspeito — Foto: Luiz Alberto Braga/Divulgação
Ração e veneno foram encontrados na casa do suspeito — Foto: Luiz Alberto Braga/Divulgação

Demissão

O administrador de Fernando de Noronha, Guilherme Rocha, também divulgou nota oficial, na qual comunicou a demissão do servidor. Ele fazia parte do quadro dos profissionais do processo seletivo e teria contrato vigente até 2020. O contrato foi rescindido na quarta-feira (27).

Nota oficial — Foto: Ana Clara Marinho/TV Globo/Reprodução
Nota oficial — Foto: Ana Clara Marinho/TV Globo/Reprodução

“Os fatos são notórios e nos deixaram numa situação insustentável, o que nos levou à demissão do funcionário. Ficamos tristes, pois é uma conduta veementemente combatida pela Administração de Noronha. Maus-tratos contra animais não são permitidos”, afirma Guilherme Rocha.

O G1 tentou contado com o homem, mas ele não respondeu aos questionamentos.

Por Ana Clara Marinho, G1 PE

Fonte: G1

Responsável por canil público é preso em flagrante por matar animais com veneno em Fernando de Noronha

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.