Talin fecha estrada para que sapos e rãs possam atravessar em segurança

Talin fecha estrada para que sapos e rãs possam atravessar em segurança

A capital da Estónia encerrou uma estrada, durante as noites de Abril, para possibilitar a viagem segura de sapos e rãs para o outro lado da estrada, em direcção a uma lagoa, local onde se vão reproduzir.

Uma estrada movimentada na capital da Estónia, Talin, foi fechada durante as noites de Abril para manter milhares de sapos e rãs, que viajam para os seus locais de reprodução, a salvo de carros.

Por norma, voluntários ajudam rãs e sapos a passar por estradas na Primavera, e dizem ter salvado 97 mil animais em anos anteriores, incluindo 2000 em 2020, na mesma estrada de Talin.

Com a pandemia do novo coronavírus a tornar tal ajuda impossível este ano, o encerramento de estradas é a única linha de salvação para os anfíbios.

“Os sapos estavam aqui antes da estrada”, disse Kristel Saarm, um voluntário do Fundo Nacional da Estónia. “Agora as lagoas onde eles se reproduzem estão de um lado da estrada e o local onde passam o Inverno está do outro. Por isso, são obrigados a atravessar.”

Como a superfície quente da estrada torna os anfíbios sonolentos e lentos, estima-se que cerca de 300 possam ficar presos, de cada vez que tentam atravessar, tornando-se vulneráveis aos carros.

Talin está a considerar a construção de um túnel sob a estrada para rãs e sapos atravessarem, ou providenciar uma lagoa no lado onde estes passam o Inverno, revelou o chefe adjunto do distrito de Haabersti, Oleg Siljanov.

Fonte: Público / mantida a grafia lusitana original 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.