Tamanduá é achado escondido atrás de móvel em sala de universidade na Bahia

Tamanduá é achado escondido atrás de móvel em sala de universidade na Bahia
Tamanduá foi achado atrás de móvel em sala de universidade oeste na Bahia (Foto: Divulgação/Ufob)

Um tamanduá-mirim, também chamado tamanduá-colete ou jaleco, foi encontrado, na manhã desta quinta-feira (22), atrás do móvel de uma sala da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob), em Barreiras.

De acordo com a universidade, o animal foi resgatado pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia (Inema) e estava sem ferimentos. Ainda na manhã desta quinta-feira, ele foi devolvido ao habitat natural.

Especialistas suspeitam que o tamanduá pode ter fugido de algum animal e procurou abrigo nas dependências do campus.

Especialistas acreditam que tamanduá tenha fugido de algum animal e procurou abrigo nas dependências da universidade (Foto: Divulgação/Ufob)
Especialistas acreditam que tamanduá tenha fugido de algum animal e procurou abrigo nas dependências da universidade (Foto: Divulgação/Ufob)
Tamanduá foi resgatado pelo Inema e foi devolvido ao habitat natural na Bahia (Foto: Divulgação/Ufob)
Tamanduá foi resgatado pelo Inema e foi devolvido ao habitat natural na Bahia (Foto: Divulgação/Ufob)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.