Tamanduá-mirim e tartaruga-marinha são resgatados por agentes ambientais

Tamanduá-mirim e tartaruga-marinha são resgatados por agentes ambientais
Tartaruga-marinha (Foto: Divulgação / Patrulha Ambiental)

O resgate de dois animais – um tamanduá e uma tartaruga – mobilizou a Patrulha Ambiental da prefeitura nesta sexta-feira. Em Vargem Pequena, na Zona Oeste, a Patrulha Ambiental da prefeitura, formada por guardas municipais e fiscais da Secretaria municipal de Conservação e Meio Ambiente, recolheram um tamanduá-mirim que havia ficado preso entre a parede e o telhado de uma casa, na Estrada Mucuiba. Os proprietários da residência contaram aos guardas que ele estava no local desde a noite anterior. Eles chamaram a patrulha por meio da Central de Atendimento ao Cidadão (telefone 1746), temendo que o animal fosse atacado pelo cão da casa.

Informações repassadas pelo Linha Verde, projeto exclusivo do Disque-Denúncia para crimes ambientais, ajudaram a localizar uma tartaruga marinha na orla do Recreio, também da Zona Oeste. Ela estava com um ferimento na cabeça.

Os dois animais foram encaminhados para o Centro de Recuperação de Animais Silvestres (CRAS) da Universidade Estácio de Sá, onde passaram por avaliação veterinária. O tamanduá já foi liberado e levado para o Parque Municipal de Marapendi.

Quem tiver informações para o Linha Verde deve ligar para os telefones 0300-2531177 (interior, custo de ligação local) e (21) 2253-1177. O anonimato é garantido.

Fonte: O Globo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.