Tartaruga é encontrada morta na Sabiaguaba durante trabalho de retirada de óleo, em Fortaleza, CE

Tartaruga é encontrada morta na Sabiaguaba durante trabalho de retirada de óleo, em Fortaleza, CE

Uma tartaruga marinha foi encontrada morta na praia da Sabiaguaba, no litoral de Fortaleza, na manhã desta quinta-feira (10). O animal foi achado por funcionários de uma empresa terceirizada contratada pela prefeitura de Fortaleza que realiza a limpeza da praia após o surgimento de manchas de óleo.

Contudo, ainda não há informações sobre o que provocou a morte da tartaruga e se está relacionada ao óleo na praia.

Segundo o coordenador da empresa terceirizada que realiza a limpeza da praia, José Nascimento, esta é a terceira vez que o grupo visita o local devido à grande quantidade de óleo encontrado nas pedras e areia. Ele relata que na segunda visita, o grupo também achou uma tartaruga no trecho de praia.

Último registro na Praia do Futuro

Na última segunda-feira (7), uma tartaruga adulta foi encontrada morta na Praia do Futuro. O animal não apresentava resquícios aparentes no corpo de petróleo cru, substância que tem sido encontrada no litoral nordestino nos últimos dias.

Manchas de óleo no Nordeste

Sete praias do Ceará foram consideradas impróprias para banho devido a ocorrência de manchas de óleo na água ou na areia, segundo boletim extraordinário divulgado pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) no último dia 1º de outubro.

A Polícia Federal investiga a origem das manchas de óleo encontradas em várias praias do Ceará e de outros estados do Nordeste no mês de setembro. As investigações estão a cargo da Superintendência da PF no Rio Grande do Norte.

O inquérito foi aberto pela Polícia Federal logo depois que surgiram as primeiras manchas nas praias. “As investigações estão concentradas na Superintendência Regional da PF no Rio Grande do Norte, contando com a participação das áreas de combate aos crimes ambientais, de inteligência e de perícia”, informou a PF.

Fonte: Diário do Nordeste

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.