Tartarugas encontradas em praia da Serra (ES) morreram afogadas, diz Iema

Tartarugas encontradas em praia da Serra (ES) morreram afogadas, diz Iema

Os exames do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) que apontam o que causou a morte de 14 tartarugas encontradas presas em uma rede de pesca na praia de Bicanga, na Serra, região da Grande Vitória, nesse domingo (13), concluíram que os animais morreram afogadas. 

O resultado dos exames foi divulgado nesta segunda-feira (14). Além das 14 tartarugas mortas, outras duas estavam vivas.

Os animais mortos foram encaminhados para necropsia e as duas tartarugas vivas foram levadas para o Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (IPRAM), em Cariacica.

O Iema explicou que foi a rede de pesca que causou a morte e informou que elas não tinham indício de doença. Segundo o instituto, as tartarugas têm pulmões e precisam subir até a superfície para respirar, mas, como elas ficaram presas, não conseguiram fazer isso.

As duas tartarugas resgatadas com vida continuam no IPRAM e o estado delas é crítico.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.