Termina com êxito a campanha para proteger os cães de rua do frio na Argentina

Termina com êxito a campanha para proteger os cães de rua do frio na Argentina

Na última semana de setembro, concluiu-se a campanha contra o frio “Abriguemos a nossos amigos”, uma proposta da Direcção de Direito dos Animais da Subsecretaria de Acesso à Justiça, do Ministério da Cidadania, que teve o objetivo ajudar os cães abandonados nas ruas a lidar da melhor maneira possível com as baixas temperaturas do inverno.

A proposta também foi desenvolvida em conjunto com Hernán Troane, reconhecido protetor dos animais da cidade de Neuquén, que se encarregou de fabricar os abrigos que estavam localizados em vários municípios da província.

No decorrer da campanha, foram distribuídas mais de 150 casinhas para animais não humanos, as quais foram instaladas na capital Neuquén, Plottier, Centenário, Piedra del Águila e Añelo. Além disso, foram doados 100 quilos de alimentos e 120 agasalhos, feitos pela equipe da subsecretaria.

Esta iniciativa, que foi divulgada sob o lema “Ajude-nos a ajudá-los”, também contou com a participação dos moradores de Neuquén, que colaboraram com materiais para a confecção dos abrigos e dos agasalhos, como caixas de papelão, nylon, fitas, mantas, entre outros.

A Subsecretaria desenvolve diversas atividades com o objetivo de dar visibilidade ao tema dos animais, educar para o cuidado responsável e sensibilizar para os direitos dos nossos animais não humanos. Da mesma forma, este órgão também atua na divulgação do aplicativo provincial AMVOZ, o qual se destina para denunciar qualquer tipo de abuso e crueldade contra animais.

Com relação a isso, o Ministro da Cidadania, Ricardo Corradi Diez, afirmou que: “O bem-estar dos animais e o respeito aos seus direitos são prioridade em seu governo. Como as épocas de inverno são muito duras na nossa província, é necessário que colaboremos com os cães em situação de rua, bem como reforcemos a divulgação do cuidado responsável e dos regulamentos sobre o assunto para evitar o abandono dos animais ”.

De sua parte, o Subsecretário Martín Diorio explicou: “Consideramos muito importante continuar a trabalhar com cada um dos habitantes no cuidado responsável dos animais não humanos, razão pela qual através desta iniciativa queremos continuar a promover e a ensinar o cuidado responsável dos animais não humanos como membros da cidadania de Neuquén”.

Tradução de Maira Lavalhegas Hallack

Fonte: Noticiasnqn

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.