Termo de Compromisso viabiliza castração de animais em Londrina, PR

Termo de Compromisso viabiliza castração de animais em Londrina, PR

A Secretaria Municipal do Ambiente de Londrina está realizando a castração de animais domésticos pertencentes a protetores e acumuladores de animais. A medida foi viabilizada mediante termo de compromisso ambiental firmado entre o Município e o Instituto Filadélfia de Londrina (Unifil), como medida compensatória do Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) do Hospital Veterinário da Unifil. A iniciativa prevê a castração de 192 animais, entre cães e gatos.

De acordo com a secretária municipal do Ambiente, Roberta Queiroz, as castrações estão sendo utilizadas, especialmente, pelas atividades de fiscalização aos acumuladores de animais desenvolvidas pela Sema. “O sentido é reduzir a quantidade de animais dessas pessoas, em medida de colaboração. Normalmente são pessoas sozinhas, com problemas psicológicos, cuja retirada dos animais é algo traumático”, explicou.

Conforme as denúncias são feitas para a Secretaria, principalmente de maus-tratos ou reclamação de mau cheiro, a equipe vai até o imóvel avaliar as condições.

A gerente de fiscalização da Sema, Graziella Santana Damante, citou que no ato das fiscalizações, principalmente de denúncias de maus-tratos, é observado que a maioria dos casos trata-se de acumuladores em situação de baixa renda. “São pessoas sem condições de oferecer os cuidados adequados para si e seus animais. E por falta de recursos financeiros, não conseguem realizar as castrações, e com isso os animais acabam se reproduzindo sem controle. Por isso, fazemos o monitoramento dos casos, acompanhando a situação”, explicou.

Mediante uma ação de conscientização desses acumuladores, que tornam-se receptivos e autorizam a castração dos animais, a Sema elaborou um cronograma de atendimentos. “Já estamos com as 192 vagas praticamente preenchidas, sendo que 64 castrações já foram realizadas. E observamos que isso impactou positivamente a situação dos animais e também dos donos, que passam a cuidar melhor dos seus animais”, ressaltou.

Denúncias de maus-tratos a animais podem ser feitas na Gerência de Fiscalização da Sema pelo telefone 3372-4770 ou 3372-4771. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas.

Fonte: Tarobá News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.