Tinha cão com ‘ferimentos profundos’ devido a corrente estranguladora

Tinha cão com ‘ferimentos profundos’ devido a corrente estranguladora
Foto: Istock

Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Viseu, recolheu um cão devido a maus tratos, em São João de Lourosa, Viseu, em Portugal.

Em comunicado, a GNR relata que o animal se encontrava num estado bastante debilitado, subnutrido e com ferimentos profundos em todo o perímetro do pescoço, devido a uma corrente estranguladora. Tal situação obrigou à sua recolha para um canil local, a fim de lhe garantir o seu bem-estar, assim como, cuidados veterinários e sanitários.

A proprietária do animal, refere a GNR, foi identificada e, por existir a suspeita da prática do crime de maus tratos a animais de companhia, a situação foi reportada ao Tribunal Judicial de Viseu.

A ação contou com a colaboração do veterinário municipal de Viseu.

Por Melissa Lopes

Fonte: Notícias ao Minuto / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.