Trabalho realizado por ONG que resgata animais das ruas será apresentado em curso de Pós-Graduação

Trabalho realizado por ONG que resgata animais das ruas será apresentado em curso de Pós-Graduação

A vice-presidente do grupo, Mylene Leite, vai explicar como é feito o trabalho, ações desenvolvidas, e como é possível ajudar.

O grupo Pata Amada vai apresentar hoje (10) o trabalho voluntário que eles realizam para alunos do curso de Pós-Graduação em Assessoria de Comunicação e Marketing, a partir das 13h, na Faculdade de Comunicação do Cesmac (antigo Colégio Guido), no bairro do Farol. A vice-presidente do grupo, Mylene Leite, vai explicar como é feito o trabalho, ações desenvolvidas, como é possível ajudar e destacar a importância do terceiro setor na sociedade.

O Pata Amada é uma Organização Não Governamental (ONG), que atua em defesa dos animais, retirando os bichos abandonados das ruas, informando sobre os cuidados que os donos devem ter e cobrando do poder público uma política que garanta a saúde dos animais com ações como castração e prevenção de doenças.

Os voluntários recolhem animais de rua abandonados e maltratados, mantém um lar temporário, realizam feiras de adoção e eventos para arrecadar doações para manutenção das atividades. Quem tiver interesse pode ajudar participando dos eventos, doando dinheiro e itens como rações e remédios, adotando um animal ou simplesmente divulgando o projeto.

O próximo evento do Grupo Pata Amada será uma feira de adoção de cães e gatos, nos dias 16 e 17 deste mês (sexta e sábado), na Casa Vieira da Cruz das Almas, a partir das 20h. Os voluntários vão tentar encontrar um lar para os animais. Para adotar, é preciso levar cópias do RG, CPF, comprovante de residência e ser maior de 18 anos. No local, também vão receber doações.

Sobre o Terceiro Setor

Definido pela Lei nº 9.608, de 1998, o serviço voluntário não gera vínculo empregatício nem obrigação de natureza trabalhista previdenciária ou afim. O trabalho voluntário faz bem para quem recebe e para quem faz também. Pesquisas confirmam que ajudar o próximo, além de proporcionar benefícios para a alma, reduz o estresse, combate a insônia, a depressão, entre outros males.

Diversos anônimos atuam no Terceiro Setor, que engloba organizações não governamentais (ONGs), organizações da sociedade civil de interesse público (Oscip), fundações e associações de cunho social. Sejam pelo trabalho voluntário, doações, palavras de conforto, gentilezas ou pequenas atitudes, eles mobilizam mudanças que fazem diferença.

Desperte suas habilidades para lidar com diferentes realidades, superar dificuldades, encontrar soluções, se relacionar com pessoas e, principalmente, colabore para a construção de um mundo melhor! Você encontra o Grupo Pata Amada nas redes sociais.

Fonte: Tribuna Hoje

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.