Três cachorros morrem envenenados em São Carlos, SP; GCM busca pistas

Três cachorros morrem envenenados em São Carlos, SP; GCM busca pistas
Guarda Municipal registrou boletim de ocorrência do evenenamento (Foto: Luiz Francisco Francelin/ EPTV)

São Carlos (SP) registrou nesta sexta-feira (3) a quarta ocorrência de crueldade contra animais em menos de 10 dias. Pela manhã, três cachorros foram encontrados mortos por envenenamento na Rua Elias Landgraf, no bairro Santa Angelina, segundo o boletim de ocorrência.

Conforme o B.O, uma moradora da rua foi chamada por um vizinho por volta das 6h e foi informada que seu cachorro estava caído no quarteirão de cima. Ao chegar ao local, a mulher constatou que o cão estava morto e, perto dele, achou outros dois animais espumando pela boca.

GCM busca pistas

Ela chamou a Guarda Municipal e contou que um dos cães era do vizinho e não soube informar de quem seria o terceiro animal. Os guardas municipais registraram a ocorrência no terceiro distrito policial de São Carlos.

A GCM procura pistas para identificar quem cometeu os crimes. Denúncias podem ser feitas para o Departamento de Defesa e Controle Animal pelo telefone (16) 3362-1302.
Outros casos

No dia 25, um cachorro morreu ao ser arremessado do alto de um edifício. No dia 29, um cão morreu atropelado após ser amarrado à linha do trem que corta o Jardim Paulista e, no dia 30, o crime se repetiu com uma cadela que havia escapado da residência dos tutores.

Ainda na região, em Aguaí, estão ocorrendo ataques com água quente e produtos químicos a cães dentro de quintais. O suspeito de maus-tratos ainda não foi identificado e a Polícia Civil de Mococa apura os casos já registrados.

Crime

O delegado Aldo Del Santo, de São Carlos,  explicou que, em situações como essas, a polícia conta com imagens de câmeras de segurança e testemunhas para chegar ao autor do crime, tipificado na Lei nº 9.605.

De acordo a legislação, a pena para quem fere ou mutila animais varia de três meses a um ano de detenção, além de multa, e é aumentada em caso de morte do bicho. As denúncias podem ser feitas pela Delegacia Eletrônica de Proteção Animal.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.