Três cadelas acolhidas por ONG morrem após serem envenenadas por autor desconhecido, em Uberaba, MG

Três cadelas acolhidas por ONG morrem após serem envenenadas por autor desconhecido, em Uberaba, MG
Animais foram socorridos pelos voluntários do Abrigo dos Anjos, mas acabaram morrendo. Foto/Reprodução

Três cachorras acolhidas pela ONG Abrigo dos Anjos, em Uberaba, faleceram após serem envenenadas nas imediações da instituição. A primeira cadela começou a apresentar sintomas de envenenamento no domingo (20) e as outras nos dias seguintes. A instituição prestou socorro para as três, mas nenhuma delas conseguiu sobreviver.

Na quarta-feira (22), a Polícia Militar (PM) foi acionada para realizar o Registro de Eventos e Defesa Social (Reds). Conforme consta o documento, a ocorrência foi feita na rua Francisco Garces, no bairro de chácaras Bouganville.

A responsável pelo abrigo, Alessandra Piagem, explicou para a reportagem que a primeira cachorra foi encontrada nas imediações da casa dela, que também fica localizada no Bouganville, no domingo (20). “Envenenaram alguns animais do abrigo com veneno de rato, fizemos o B.O, depois fizemos a autópsia e constatamos que foi envenenamento. Não sabemos quem foi, mas vamos acionar o Ministério Público mesmo assim”, contou.

Já na segunda-feira (21), a segunda cachorra foi achada, já dentro da ONG, com os mesmos sintomas da primeira. “Acreditamos que ela tenha comido veneno nas proximidades, não foi dentro da ONG, senão teria ocorrido com mais animais”. Alessandra explicou que essa cadela tinha o costume de pular o muro, mas que sempre retornava.

E na terça-feira (22), a terceira cadelinha foi encontrada à noite, da mesma forma. Alessandra ainda contou que acredita que o autor tenha espalhado veneno nas imediações das chácaras, pois além dos cães, uma galinha também foi encontrada morta. Uma das cadelas havia tido filhotes há pouco tempo e ainda estava amamentando. Alessandra ainda complementou que durante os sete anos de ativismo animal nunca houve registro de envenenamento de animal no abrigo.

A instituição ainda emitiu uma nota de repúdio em suas redes sociais e está de luto pela perda dos animais: “Nossos Anjinhos foram mortos de maneira fria e cruel: VENENO!! ‘Ah mas qual o motivo pra isso?’ NENHUM! Não existe um motivo que dê a alguém o direito de TIRAR A VIDA DE UM SER. Isso é lamentável, é triste, cruel e imperdoável… Chega a não ter nem palavras pra expressar o que sentimos… mas que a justiça seja feita !”. 

Fonte: JM Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.